Show Menu
TÓPICOS×

Testes estatísticos usados na comparação entre segmentos

Cada um dos principais gráficos de comparação mostra uma pontuação de diferenças que é calculada de acordo com diversos testes estatísticos, dependendo da comparação que é feita. No entanto, independentemente do teste que for usado, a pontuação de diferenças é exibida como um valor entre 0 e 1.
Uma pontuação igual a 0 significa que não há diferença entre os dois segmentos e uma pontuação igual a 1 significa que há uma grande diferença entre os dois segmentos. Há dois tipos de testes estatísticos implantados para gerar essas pontuações de diferenciação: para o gráfico Principais métricas, um teste Mann-Whitney U é usado e para os gráficos Principais itens de dimensão e Principais segmentos é usada uma comparação de diferença de risco.

Pontuação de diferenças das principais métricas

No gráfico Principais métricas, a Ferramenta comparação entre segmentos usa um teste Mann-Whitney U com duas amostras, que é um teste de igualdade não paramétrica para comparar as distribuições de probabilidade de uma dimensão de cada métrica para cada segmento considerado. A pontuação de diferença no gráfico de métricas é uma combinação do valor p da estatística U computada (que representa a maneira diferente que os dois segmentos são distribuídos em uma determinada métrica) e a magnitude relativa da diferença observada. Uma pontuação de diferença grande (próxima a 1) significa que a métrica possui uma diferença relativa considerável, bem como uma confiança estatística indicando que os dois segmentos são diferentes.

Pontuação de diferenças nos principais itens de dimensão e nas principais diferenças entre segmentos

Para computar a pontuação de diferença nos gráficos Principais itens de dimensão e Principais diferenças entre segmentos, é usado um algoritmo de diferenciação de risco relativo (similar à taxa de risco, embora use uma diferença em vez de uma taxa). Uma diferença de risco é calculada subtraindo as incidências cumulativas de um item de dimensão (ou sobreposição com um segmento do gráfico de segmentos) de um segmento selecionado a partir de outro. Uma pontuação de diferença alta (próxima a 1) significa que o item de dimensão particular ou o segmento terciário era muito importante em apenas um dos segmentos selecionados.
Nos três gráficos, a estatística de diferença é baseada em uma amostra adequada de visitantes para fazer com que o processo seja executado da maneira mais rápida possível e se mantenha estatisticamente preciso. Embora a pontuação de diferença seja baseada em uma amostra, os resultados apresentados no gráfico não são amostras. Para garantir significância estatística, cada teste estatístico depende de um algoritmo de alocação dinâmico de maneira que o segmento menor contenha um tamanho de amostra que possua menos de 3% de margem de erro. Se um segmento contém pouco visitantes (menos de 1.000), nós usamos todos os dados disponíveis e não criamos uma amostra para computar a pontuação de diferença.