Show Menu
TÓPICOS×

Arquivos de registro

Os arquivos de registro são organizados da seguinte forma:
Cada módulo nlserver gera um arquivo de log salvo no seguinte diretório: <installation directory> /var/ <instance> /log/ <module> .log .
O módulo nlserver syslogd salva os registros no disco. Este módulo é semelhante ao daemon Unix syslog, mas foi adaptado para compatibilidade entre Unix e Windows. Os outros módulos do Adobe Campaign não salvam seus registros no disco; eles delegam essa tarefa no módulo syslogd enviando pacotes UDP para ele.
Por padrão, a plataforma Adobe Campaign tem o módulo syslogd instalado nela, mas é possível usar outro daemon syslog . Este módulo cria os arquivos de log no diretório de log .
Os registros dos módulos de várias instâncias são armazenados no seguinte diretório: <installation directory> /var/default/log/ . O mesmo arquivo de log é compartilhado por todas as instâncias (por exemplo, web.log ).
Os registros dos outros módulos são armazenados em uma subpasta chamada após a instância. Cada instância tem seus próprios arquivos de log.
Os arquivos de log de várias instâncias são listados na seguinte tabela:
Arquivo
Descrição
web.log
Registros do módulo da Web (console do cliente, relatórios, API SOAP etc.)
webmdl.log
Registros do módulo de redirecionamento
watchdog.log
Logs do módulo de monitoramento do processo do Adobe Campaign
trackinglogd.log
Logs de rastreamento
Os arquivos de log de instância mono estão listados na seguinte tabela:
Arquivo
Descrição
mta.log
registros do módulo mta
mtachild.log
Logs de processamento de entrega de mensagens
wfserver.log
Logs do módulo do servidor de fluxo de trabalho
runwf.log
Logs de execução do fluxo de trabalho
inMail.log
Registro do módulo de correio de rejeição
logins.log
Registra todas as tentativas de logon no Adobe Campaign (bem-sucedidas ou não)
O diretório redir existe apenas em servidores de redirecionamento. O subdiretório url contém as correspondências dos URLs a serem redirecionados e o log do subdiretório contém os logs de rastreamento. Para gerar registros de rastreamento, o módulo trackinglogd deve estar em execução.
Para otimização de desempenho e armazenamento, o arquivo logins.log é dividido em vários arquivos, um a cada dia (logins.yy-mm-dd.log) com um máximo de 365 arquivos retidos. O número de dias pode ser alterado em serverConf.xml, em syslogd (opção maxNumberOfLoginsFiles ). Consulte a documentação no arquivo de configuração do servidor.
Por padrão, os registros são limitados a dois arquivos de 10 MB por módulo e por instância. O segundo arquivo é chamado: <modulename> _2.log . O tamanho dos registros é, portanto, limitado a 2*10MB por módulo e por instância.
Entretanto, é possível manter arquivos maiores. Para habilitar isso, altere o valor da configuração maxFileSizeMb="10" no nó syslogd do arquivo conf/serverConf.xml . Este valor representa o tamanho máximo em MB de um arquivo de log.
Se desejar manter mais níveis de detalhes nos registros, você pode iniciar os módulos do Adobe Campaign com o parâmetro -detalhado :
nlserver start <MODULE> @ <INSTANCE> -verbose