Show Menu
TÓPICOS×

Casos de uso de acionadores de abandonos

Esta seção apresenta casos de uso diferentes que podem ser implementados usando a integração entre o Adobe Campaign e os Acionadores da Experience Cloud. Você encontrará dois exemplos de casos de uso:
Os casos de uso descritos nesta seção dependem da ID de visitante da Experience Cloud. Também é possível implementá-los com a ID declarada da Experience Cloud. IDs declaradas em hash e criptografadas também são compatíveis. Você pode enviar emails/SMS para um perfil que não existe no Campaign descriptografando diretamente o endereço de email/número de celular criptografado. Nesse caso, não é possível personalizar usando os dados do perfil.

Pré-requisitos

Para implementar esses casos de uso, é necessário ter acesso às seguintes soluções/principais serviços:
  • Adobe Campaign
  • Adobe Analytics Select, Prime, Ultimate, Premium, Foundation, OD, Aplicativos para dispositivos móveis ou Standard.
  • Serviço principal de acionadores da Experience Cloud
  • Serviço principal de DTM da Experience Cloud
  • ID de visitante da Experience Cloud e Serviço principal de Pessoas da Experience Cloud
Também é necessário ter um site de trabalho.
Para mais informações, consulte Configuração de soluções e serviços .

Acionador de abandono de navegação

Nesse caso de uso, criaremos um acionador simples que será acionado toda vez que um cliente abandonar uma visita no site. Esse exemplo supõe que o DTM já está coletando e enviando dados para o Adobe Analytics e que todos os eventos já foram criados.

Criar um Acionador da Experience Cloud

  1. Selecione Manage Triggers no menu do Serviço principal de ativação da Experience Cloud.
  2. Escolha um tipo de acionador ( Abandonment , no nosso caso de uso).
  3. Para esse caso de uso, precisamos de um acionador de abandono simples. O objetivo comercial é identificar visitantes que navegam pelo nosso site de reservas de viagem e olham a página "Ofertas", mas não reservam nenhuma viagem. Após identificar esse público, queremos contatá-lo dentro de um curto período de tempo. Neste exemplo, optamos por enviar o acionador após um período de 10 minutos.

Uso do acionador no Adobe Campaign

Agora que criamos um Acionador da Experience Cloud, vamos usá-lo no Adobe Campaign.
No Adobe Campaign, é necessário criar um Acionador vinculado ao que você criou na Experience Cloud.
  1. Para criar o Acionador no Adobe Campaign, clique no logotipo da Adobe Campaign , no canto superior esquerdo, depois selecione Marketing plans > Transactional messages > Experience Cloud triggers .
  2. Clique em Create .
  3. Selecione o acionador criado anteriormente e clique em Next .
  4. Selecione o canal Email e o targeting dimension Real-time event e clique em Create .
  5. Publique o Acionador no Adobe Campaign. Esse processo criará automaticamente um modelo de mensagem transacional.
  6. Para exibir o modelo da mensagem, clique no botão More , na parte superior direita, e clique em Trigger Transactional Template .
  7. Personalize o conteúdo da mensagem e os detalhes do remetente.
  8. Publique o template da mensagem. Agora o acionador está ativo e funcional.

Execução do cenário

  1. Este caso de uso começa com um email inicial enviado para o seu público com o Adobe Campaign.
  2. O recipient abre o email.
  3. Ele clica em um link que o traz até o seu site. Neste exemplo, o banner traz o recipient para a página inicial do site de reservas de viagem.
  4. O recipient vai para a página "Offers" mas, de repente, interrompe a visita. Após um período de 10 minutos, o Adobe Campaign aciona o envio da mensagem transacional.
  5. A qualquer momento, você pode verificar os registros da Experience Cloud para ver quantas vezes o acionador foi usado.
  6. Você também pode exibir o relatório do acionador do Adobe Campaign.

Acionador de abandono de pesquisa

Nesse caso de uso, vamos criar um acionador para reengajamento com visitantes que foram ao site de reservas de viagem, procuraram um destino, não encontraram resultados que queriam e não fizeram nenhuma reserva depois disso. O processo geral é o mesmo do caso de uso anterior (consulte Acionador de abandono de navegação ). Aqui, o foco será em como personalizar a mensagem de email de remarketing.

Criar um acionador da Experience Cloud

Siga as etapas descritas no caso de uso anterior para criar o acionador da Experience Cloud. Consulte Criar um acionador da Experience Cloud . A principal diferença é a definição do acionador.
Na seção Include Meta Data você pode passar quaisquer dados coletados do Analytics para o payload do acionador. Neste exemplo, criamos uma eVar personalizada (por exemplo, eVar 3) para coletar o termo de pesquisa digitado pelo visitante. Esse termo será usado na mensagem de email transacional enviada para o mesmo visitante.

Uso do acionador no Adobe Campaign

  1. Siga as etapas descritas no caso de uso anterior para criar o acionador no Adobe Campaign. Consulte Uso do acionador no Adobe Campaign . A principal diferença é como acessamos e usamos, no Adobe Campaign, os metadados carregados no payload do Acionador.
  2. No acionador de Abandono de pesquisa criado no Adobe Campaign, clique no ícone Event content and enrichment para exibir o payload carregado no Adobe Campaign.
  3. É possível ver que a eVar personalizada é transmitida no payload do acionador e mapeada para a tabela Contexto do evento (ctx). Agora podemos acessá-la para personalizar a mensagem transacional.
  4. Neste exemplo, optamos por incluir o termo de pesquisa de destino na linha de assunto, bem como no corpo do email.
  5. Ao selecionar um campo personalizado, procure seus metadados de payload na tabela Evento transactional (rtEvent), e depois na subtabela Contexto de evento (ctx).

Execução do cenário

  1. O visitante vai ao site de reservas de viagem e procura um destino. Neste exemplo, o visitante está procurando uma viagem para o Japão, mas não encontra nenhum resultado. Esta é uma oportunidade para contatar este visitante e recomendar um plano de viagem alternativo.
    Nesse caso de uso, supomos que o visitante/recipient já tenha aberto e clicado em um email originário do mesmo site. Isso nos permite usar e coletar a ID de visitante e mapeá-la para o recipient. Só precisamos fazer isso uma vez.
  2. Momentos depois, o mesmo visitante/recipient recebe uma mensagem de remarketing. A mensagem inclui o destino pesquisado recentemente.