Show Menu
TÓPICOS×

Configurar segmentos para exportação

Você pode criar um segmento dos elementos de qualquer dimensão contável e, em seguida, produzir dados desse segmento em um lote ou em tempo real em um arquivo delimitado por tabulação.
Toda vez que você esporta um segmento, ocorre a saída de métricas e dados de dimensão para todos os elementos da dimensão incluídos nesse segmento. É possível controlar como os dados de saída são formatados para que outros sistemas possam fazer upload dos dados facilmente.
Não é possível exportar dimensões de relatório, pois elas usam um report time.metric arquivo para referência. Como solução, se você colocar um código fixo report time.metric no perfil, a exportação do segmento poderá usá-lo como ponto de referência para as dimensões do relatório. No entanto, o report time.metric não é atualizado automaticamente com base na Hora de início do perfil, portanto, quando você deseja alterar a referência da dimensão do relatório, é necessário alterar o report time.metric arquivo codificado permanentemente.
Para configurar um segmento para exportação, você deve abrir e editar um .export arquivo.
  1. Na Profile Manager, clique no Export diretório na File coluna para mostrar seu conteúdo.
    Se o diretório Export não existir, crie-o da seguinte maneira:
    
    
    1. Navegue até o diretório de instalação do Análise de big data.
    2. Abra o diretório do perfil com o qual você está trabalhando.
    3. No diretório Profile, crie um novo diretório chamado "Export".
  2. Na Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na célula vazia na User coluna do diretório Export e, em seguida, clique em Create > New Segment Export .
    Um arquivo com o nome New Segment Export.export aparece na File coluna para Exportar.
  3. Renomeie o novo arquivo clicando com o botão direito do mouse na User coluna do arquivo e digitando o novo nome no parâmetro Arquivo.
  4. Abra o novo arquivo clicando com o botão direito do mouse na User coluna do arquivo e clicando em Open > from the workbench .
    A janela de configuração do .export arquivo é exibida.
  5. Clique em Query e modifique os campos do .export arquivo conforme descrito na tabela a seguir:
Para este parâmetro... Fornecer estas informações...
Comando
Opcional. Um programa a ser executado após a criação do Arquivo de saída. Esse campo deve fazer referência a um executável (um arquivo .exe ), não a um comando shell.
Observação: A exportação do segmento falhará se houver um espaço no parâmetro command.
Filtro
Opcional. Um filtro nomeado ou uma expressão de filtro. Você pode criar um filtro nomeado usando um editor de filtro e, em seguida, digitar o nome desse filtro aqui ou digitar uma expressão de filtro propriamente dita.
Para obter mais informações sobre editores de filtro, consulte Filtrar editores . Para obter mais informações sobre a sintaxe de expressão de filtro, consulte Sintaxe para expressões de filtro .
Os elementos de Nível que correspondem ao filtro são exportados, enquanto todos os outros elementos não são exportados.
Nível
A dimensão contável cujos elementos devem ser exportados.
Exemplo: Um nível de Visitante exporta uma linha de dados para cada visitante.
Arquivo de saída
Caminho e nome do arquivo dos dados exportados. Se o perfil estiver sendo executado em um cluster de servidores da Análise de big data, cada servidor da Análise de big data gravará um Arquivo de saída contendo uma parte dos dados.
O diretório de instalação do servidor do Análise de big data contém um diretório Exportações no qual é possível salvar o arquivo de saída. Por exemplo, você pode inserir Exportações\Segmento do visitante , onde Visitor Segment.txt é o nome do arquivo que contém os dados exportados.
Formato de saída Os dados de métrica ou dimensão a serem exportados para cada elemento de Nível. Se a saída for um arquivo delimitado por tabulação, os campos devem ser separados por caracteres de tabulação e o formato deve terminar com os caracteres de nova linha apropriados. Para obter mais informações, consulte Sobre o formato de saída .
Hora de término da programação
Opcional. A data e a hora de término da programação, incluindo o fuso horário.
Formato: Fuso horário YYYY-MM-DD hh:mm
Exemplo: 2013-08-01 12:01 EDT
As exportações programadas param neste momento; no entanto, o Arquivo de saída ainda é gerado novamente sempre que sua definição é alterada. Este campo não tem sentido sem definir Agendar a cada. Para obter mais informações sobre as configurações de fuso horário, consulte o Guia de configuração de conjuntos de dados.
Agendar a cada Opcional. A frequência na qual o arquivo de saída deve ser gerado novamente. Os valores suportados são hora, dia, semana e mês. O Arquivo de saída ainda é gerado novamente sempre que sua definição for alterada.
Hora de início da programação
Opcional. A data e a hora de início do agendamento, incluindo o fuso horário.
Formato: Fuso horário YYYY-MM-DD hh:mm
Exemplo: 2013-08-01 12:01 EDT
As exportações programadas começam no momento e a programação é relativa a esse momento. Esse campo não tem sentido sem definir Agendar a cada . Para obter mais informações sobre as configurações de fuso horário, consulte o Guia de configuração de conjuntos de dados.
Limite de tempo (s) Opcional. O tempo máximo permitido para decorrer enquanto uma exportação de segmento é gerada. Se o intervalo especificado for excedido, a exportação recomeçará. Definir esse valor como 0 (zero) remove o limite. O valor padrão é 600 segundos.
  1. Clique com o botão direito do mouse (New) na parte superior da janela e clique em Save .
  2. Para disponibilizar esse arquivo para todos os usuários do perfil de trabalho, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do .export arquivo criado na User coluna e, em seguida, clique em Save to > < working profile name > .
    Salvar o .export arquivo no servidor da Análise de big data faz com que a exportação seja executada imediatamente, mesmo se a Hora de início da programação estiver definida como uma data e hora futuras.
    The following is a sample .export file.
    O Visitor Segment.export arquivo mostrado na amostra refere-se ao filtro Segmento do visitante. Modificar a definição desse filtro altera a definição da exportação.