Show Menu
TÓPICOS×

Mapeamento de dados de componentes com as propriedades do Adobe Analytics

Adicione componentes à estrutura que coletam os dados para enviar ao Adobe Analytics. Os componentes projetados para coletar dados de análise armazenam os dados na variável ​CQ apropriada. Quando você adiciona um componente desse tipo a uma estrutura, a estrutura exibe a lista de variáveis do CQ para que você possa adicionar cada uma à variável apropriada do Analytics.
Quando a exibição do AEM estiver aberta, as variáveis do Analytics aparecerão no localizador de conteúdo.
É possível mapear várias variáveis do Analytics com a mesma variável ​CQ.
Os dados mapeados são enviados para o Adobe Analytics quando a página é carregada e as seguintes condições são atendidas:
  • A página está associada à estrutura.
  • A página usa os componentes adicionados à estrutura.
Use o procedimento a seguir para mapear variáveis de componente CQ com as propriedades de relatório do Adobe Analytics.
  1. Na exibição do AEM, arraste um componente de rastreamento do sidekick para a estrutura. Por exemplo, arraste o componente Página da categoria Geral .
    Há vários grupos de componentes padrão: Geral , Comércio , Comunidades , Search&Promote e Outros . Sua instância do AEM pode estar configurada para exibir grupos e componentes diferentes.
  2. Para mapear variáveis do Adobe Analytics com variáveis definidas no componente, arraste uma variável do Analytics do localizador de conteúdo para um campo no componente de rastreamento. Por exemplo, arraste Page Name (pageName) para pagedata.title .
    A ID do conjunto de relatórios (RSID) selecionada para a estrutura determina as variáveis do Adobe Analytics exibidas no localizador de conteúdo.
  3. Repita as duas etapas anteriores para outros componentes e variáveis.
    É possível mapear várias variáveis do Analytics (por exemplo, props , eVars , events ) para a mesma variável do CQ (por exemplo, pagedata.title )
    Recomenda-se que:
    • eVars e props são mapeados para variáveis CQ começando com pagedata.X ou eventdata.X
    • Considerando que os eventos devem ser mapeados para variáveis que começam com eventdata.events.X
  4. Para disponibilizar a estrutura na instância de publicação do site, abra a guia Página do sidekick e clique em Ativar estrutura.

Uso do Content Finder (cf#) com estruturas do Adobe Analytics

Inicialmente, quando você abre uma estrutura do Adobe Analytics, o localizador de conteúdo contém variáveis predefinidas do Analytics em:
  • Tráfego
  • Conversão
  • Eventos
Quando um RSID é selecionado, todas as variáveis pertencentes a esse RSID são adicionadas à lista. O cf# é necessário para mapear as variáveis do Analytics para as variáveis CQ presentes nos diferentes componentes de rastreamento. Consulte Configurando uma estrutura para rastreamento básico.
Dependendo da exibição selecionada para a estrutura, o localizador de conteúdo será preenchido pelas variáveis do Analytics (na exibição do AEM) ou CQ (na exibição do Analytics).
A lista pode ser manipulada das seguintes maneiras:
  1. Quando estiver na exibição do AEM, a lista pode ser filtrada dependendo do tipo de variável selecionado usando os três botões de filtro:
    • Se nenhum botão estiver selecionado, a lista mostrará a lista completa.
    • Se o botão Tráfego estiver selecionado, a lista mostrará somente as variáveis pertencentes à seção Tráfego.
    • Se o botão Conversão estiver selecionado, a lista mostrará somente as variáveis pertencentes à seção Conversão.
    • Se o botão Eventos for selecionado, a lista mostrará somente as variáveis pertencentes à seção Eventos.
    Somente um botão de filtro pode estar ativo de uma vez.
    As variáveis do Search&Promote também pertencem à seção Conversão.
    1. A lista também tem um recurso de pesquisa, que filtra os elementos de acordo com o texto inserido no campo de pesquisa.
    2. Se uma opção de filtro for ativada durante a pesquisa por elementos na lista, os resultados exibidos também serão filtrados de acordo com o botão ativo.
    3. A lista pode ser recarregada a qualquer momento usando o botão de setas para espirrar.
    4. Se vários RSIDs forem selecionados na estrutura, todas as variáveis na lista serão exibidas usando todos os rótulos usados nos RSIDs selecionados.
  2. Quando estiver na exibição do Adobe Analytics, o Localizador de conteúdo exibirá todas as variáveis CQ pertencentes aos componentes de rastreamento arrastados na exibição do CQ.
    • Por exemplo, se o componente ​Download for o único arrastado na exibição do CQ (que tem duas variáveis mapeáveis eventdata.downloadLink e eventdata.events.startDownload ), o Localizador de conteúdo terá a seguinte aparência ao alternar para a exibição do Adobe Analytics:
    • As variáveis podem ser arrastadas&soltas em qualquer variável do Adobe Analytics pertencente a uma das três seções variáveis ( Tráfego , Conversão e Eventos ).
    • Ao arrastar um novo componente de rastreamento para a estrutura na exibição do CQ, as variáveis do CQ pertencentes ao componente são automaticamente adicionadas ao Localizador de conteúdo (cf#) na exibição do Adobe Analytics.
    Somente uma variável CQ pode ser mapeada para uma variável do Adobe Analytics de uma só vez

Uso da exibição do AEM e da exibição do Analytics

A qualquer momento, os usuários têm a opção de alternar entre duas formas de visualizar os mapeamentos do Adobe Analytics quando estiverem em uma página de estrutura. As duas visões proporcionam uma melhor panorâmica dos mapeamentos no âmbito do quadro, a partir de duas perspectivas distintas.

AEM View

Tomando a imagem acima como exemplo, a exibição do AEM tem as seguintes propriedades:
  1. Essa é a exibição padrão quando a estrutura é aberta.
  2. Lado esquerdo: o localizador de conteúdo (cf#) é preenchido pelas variáveis do Adobe Analytics com base nos RSIDs selecionados.
  3. Cabeçalhos de guia (exibição do AEM e exibição do Analytics): use-os para alternar entre as duas exibições.
  4. Visualização AEM :
    1. Se a estrutura tiver componentes herdados de seu pai, eles serão listados aqui, juntamente com as variáveis mapeadas para os componentes.
      1. Os componentes herdados estão bloqueados.
      2. Para desbloquear um componente herdado, basta clicar duas vezes no cadeado ao lado do nome do componente
      3. Para reverter a herança, você deve excluir o componente desbloqueado; depois disso, recuperará o status bloqueado.
    2. Arraste os componentes aqui para incluí-los na estrutura de análise: Os componentes podem ser arrastados do Sidekick e soltos aqui.
    3. Você pode encontrar todos os componentes incluídos atualmente na estrutura de análise:
      1. Para adicionar um componente, arraste um da guia Componentes do sidekick
      2. Para excluir um componente e todos os seus mapeamentos, selecione Excluir no menu de contexto do componente e aceite a exclusão na caixa de diálogo de confirmação.
      3. Lembre-se de que um componente só pode ser excluído da estrutura em que foi criado e não pode ser excluído das estruturas secundárias no sentido tradicional (eles só podem ser substituídos).

Analytics View

  1. Essa exibição pode ser acessada ao alternar para a guia de exibição do Analytics na estrutura.
  2. Lado esquerdo: Localizador de conteúdo (cf#) preenchido pelas variáveis CQ com base nos componentes arrastados para a estrutura na exibição CQ.
  3. Cabeçalhos de guia (exibição do AEM e exibição do Analytics): use-os para alternar entre as duas exibições.
  4. As três tabelas (Tráfego, Conversão, Evento) listam todas as variáveis disponíveis do Adobe Analytics. pertencente aos RSID selecionados. Os mapeamentos mostrados aqui devem ser os mesmos da exibição do AEM:
    • Tráfego :
      • Variável de tráfego ( prop1 ) mapeada para uma variável CQ ( eventdata.downloadLink )
      • Quando o componente tem um Cadeado ao lado dele, isso significa que ele é herdado de uma estrutura pai e, portanto, não pode ser editado
    • Conversão :
      • Variável de conversão ( eVar1 ) mapeada para uma variável CQ ( pagedata.title )
      • Variável de conversão ( eVar3 ) mapeada para uma expressão javascript adicionada em linha, clicando duas vezes no campo de variável CQ e inserindo o código manualmente
    • Evento :
      • Variável de evento ( event1 ) mapeada para um evento CQ ( eventdata.events.pageView )
A coluna variável CQ de qualquer tabela também pode ser preenchida em linha, clicando duas vezes no campo e adicionando texto a ele. Esses campos aceitam javascript como entrada.
  • Por exemplo, ao lado de prop3 você pode adicionar
  • ' * Adobe:'+pagedata.title+':'+pagedata.sitesection para enviar o título de uma página concatenada com sua seção de sites usando : (dois pontos) e prefixo com a Adobe como prop3
Somente uma variável do CQ pode ser mapeada para uma variável do Adobe Analytics a qualquer momento.