Show Menu
TÓPICOS×

Extensão principal

A extensão principal é a extensão padrão lançada com o Launch.
Use essa referência para obter informações sobre as opções disponíveis ao usar esta extensão para criar uma regra.

Tipos de evento da extensão principal

Este tópico descreve os tipos de evento disponíveis na extensão principal.
Para obter informações sobre opções que podem ser definidas para vários tipos de evento diferentes, consulte Opções .

Browser

Tab Blur

Acione a ação quando uma guia perder o foco.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Tab Focus

Acione a ação quando uma guia ganhar o foco.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Formulário

Blur

Acione a ação quando um formulário perder o foco.
Consulte Opções abaixo.

Focus

Acione a ação quando um formulário ganhar o foco.
Consulte Opções abaixo.

Submit

Acione a ação quando um formulário for enviado.
Consulte Opções abaixo.

Teclado

Key Press

Acione o evento se uma tecla for pressionada.
Consulte Opções abaixo.

Mídia

Media Ended

Acione o evento quando a mídia terminar.
Consulte Opções abaixo.

Media Loaded Data

Acione o evento quando a mídia carregar dados.
Consulte Opções abaixo.

Media Pause

Acione o evento quando a mídia estiver pausada.
Consulte Opções abaixo.

Media Play

Acione o evento quando a mídia for reproduzida.
Consulte Opções abaixo.

Media Stalled

Acione o evento se a mídia for interrompida.
Consulte Opções abaixo.

Media Time Played

Acione o evento se a mídia for reproduzida por um período especificado.
Consulte Opções abaixo.
Além disso, especifique que o evento é acionado após um determinado período.

Media Volume Changed

Acione o evento se o volume for aumentado ou diminuído.
Consulte Opções abaixo.

Dispositivo móvel

Orientation Change

Acione o evento se a orientação do dispositivo mudar.
Não há configurações para esse tipo de evento.
Além disso, especifique que o evento é acionado após um determinado período.

Zoom Change

Acione o evento se o usuário aumentar ou diminuir o zoom.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Mouse

Click

Acione o evento se o elemento especificado for clicado.
Como opção, você pode especificar valores de propriedade que devem ser verdadeiros para o elemento antes que o evento seja acionado.
Você também pode especificar se deve atrasar a navegação até que a regra seja executada caso o elemento seja um link. Ao clicar na caixa de seleção, um campo é aberto onde você pode inserir o atraso desejado em milissegundos. Isso especifica a quantidade de tempo que o Launch espera as tags serem acionadas em links clicados antes de passar para a próxima página. O valor padrão é 100 milissegundos. Atrasos maiores aumentam a precisão do rastreamento. A Adobe recomenda um atraso máximo de 500 milissegundos, que não é percebido pelo usuário. O Launch aguardará durante o tempo especificado, mas se o sinal for acionado antes, o atraso será cortado. (Ou seja, nem sempre o usuário esperará por todo o tempo do atraso.)
Além disso, especifique que o evento é acionado após um determinado período.
Para acessar opções avançadas, consulte Opções abaixo.

Hover

Acione o evento se o usuário passar o mouse sobre um elemento especificado.
Consulte Opções abaixo.
Além disso, configure se a regra é acionada imediatamente ou depois de um número específico de milissegundos.

Outras

Custom Event

Acione o evento se ocorrer um tipo de evento personalizado.
É possível nomear uma função JavaScript que você definiu em outro lugar e usá-la para o evento.
Especifique o nome do tipo de evento personalizado e configure as outras configurações conforme descrito em Opções abaixo.

Data Element Changed

Acione o evento se um elemento de dados especificado for alterado.
Insira o nome do elemento de dados. É possível selecionar o elemento de dados em uma lista ao clicar no ícone e depois selecionar o elemento de dados.

Direct Call

Projetado para ignorar a detecção de eventos e sistemas de pesquisa.
As regras de chamada direta são perfeitas para situações em que se deseja informar ao Launch exatamente o que está acontecendo. Além disso, são adequadas quando o Launch não consegue detectar um evento no DOM, como no Adobe Flash.
Especifique a string _satellite.track .

Element Exists

Acione o evento se um elemento especificado existir.
Consulte Opções abaixo.

Enters Viewport

Acione o evento se o usuário inserir um viewport especificado.
Consulte Opções abaixo.
Além disso, configure se a regra é acionada imediatamente ou depois de um número específico de milissegundos.

History Change

Acione o evento se ocorrer um pushState ou hashchange.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Time Spent on Page

Acione o evento se o usuário permanecer na página por um número específico de segundos.
Especifique o número de segundos que devem decorrer antes que o evento seja acionado.

Carregamento de página

DOM Ready

Acionar quando o DOM estiver pronto e o usuário puder interagir com a página
Não há configurações para esse tipo de evento.

Library Loaded (Page Top)

Acione o evento assim que a biblioteca do Launch for carregada.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Page Bottom

Acionar o evento uma vez que _satellite.pageBottom(); for chamado. Ao carregar a biblioteca do Launch de modo assíncrono, esse tipo de evento não deve ser usado.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Window Loaded

Acione o evento quando o onLoad for chamado pelo navegador e a página terminar de carregar.
Não há configurações para esse tipo de evento.

Opções

Cada tipo de evento de formulário usa as seguintes configurações:

Specific Elements \| Any Element

  • Se você escolher Specific Elements , as opções para selecionar os elementos e os valores da propriedade serão exibidas.
  • Se você escolher Any Element , não há mais opções necessárias para restringir os elementos.

Elements matching the CSS selector

Insira o seletor de CSS que identifica os elementos que acionam o evento.

And having certain property values

Se você selecionar essa opção, serão disponibilizados os seguintes parâmetros:
  • property=value
    Especificar o valor da propriedade
  • Regex
    Ative se a property=value for uma expressão regular.
  • Add
    Adicione outro par de property=value .

Advanced options (Bubbling)

  • Executar esta regra mesmo quando o evento originar de um elemento descendente
  • Permitir que esta regra seja executada mesmo que o evento já tenha disparado uma regra direcionada a um elemento descendente
  • Depois que a regra é executada, impedir que o evento acione regras voltadas a elementos ancestrais

Tipos de condição de extensão principal

Esta seção descreve os tipos de condição disponíveis na extensão principal. Esses tipos de condição podem ser usados com o tipo de lógica regular ou de exceção.

Dados

Custom Code

Especifique qualquer código personalizado que deve existir como uma condição do evento. Use o editor de código incorporado para inserir o código personalizado.
  1. Clique em Open Editor .
  2. Digite o código personalizado.
  3. Clique em Save .
Uma variável nomeada event estará disponível automaticamente, a qual poderá fazer referência no seu código personalizado. O event objeto conterá informações úteis sobre o evento que acionou a regra. A maneira mais fácil de determinar quais dados de evento estão disponíveis é fazer logon event no console usando o código personalizado:
console.log(event);
return true;

Execute a regra em um navegador e inspecione o objeto de evento registrado no console do navegador. Assim que você entender quais informações estão disponíveis, poderá usá-las para decisões programáticas no código personalizado.
Sequência de condições
Quando a opção "Run rule components in sequence" das configurações de propriedade está ativada, você pode fazer com que os componentes de regra subsequentes aguardem enquanto sua condição executa uma tarefa assíncrona.
Quando a condição retorna uma Promessa , a próxima condição na regra não será executada até que a promessa retornada seja resolvida. Se a promessa for rejeitada, o Launch considerará essa condição como uma falha e nenhuma outra condição ou ação dessa regra será executada.
Um exemplo de uma condição que retorna uma promessa:
return new Promise(function(resolve, reject) {
  setTimeout(function() {
    if (new Date().getDay() === 5) {
      resolve();
    } else {
      reject();
    }
  }, 1000);
});

Value Comparison

Compara dois valores para determinar se essa condição retorna true.
Se você tiver uma regra com várias condições, é possível que essa condição retorne "true", mas a regra ainda não será acionada, pois as outras condições foram avaliadas como "false" ou uma das exceções teve resultado "true".
  1. Forneça um valor.
  2. Selecione o operador. Consulte a lista de operadores de comparação de valores abaixo para obter mais detalhes.
  3. (Quando necessário) Selecione se a comparação deve diferenciar maiúsculas de minúsculas.
  4. Forneça outro valor para a comparação.
Os seguintes operadores de comparação de valores estão disponíveis:
Equal: a condição retornará true se os dois valores forem iguais usando uma comparação não estrita (em JavaScript, é o sinal ==). Os valores podem ser de qualquer tipo. Ao digitar uma palavra como true , false , null ou undefined em um campo de valor, a palavra é comparada como uma string de caracteres e não é convertida em seu equivalente JavaScript.
Does Not Equal: a condição retornará true se os dois valores não forem iguais usando uma comparação não estrita (em JavaScript, o sinal !== operador). Os valores podem ser de qualquer tipo. Ao digitar uma palavra como true , false , null ou undefined em um campo de valor, a palavra é comparada como uma string de caracteres e não é convertida em seu equivalente JavaScript.
Contains: a condição retornará true se o primeiro valor contiver o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "false".
Does Not Contain: a condição retornará true se o primeiro valor não contiver o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resultará na condição que retorna "true".
Starts With: a condição retornará true se o primeiro valor começar com o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "false".
Does Not Start With: a condição retornará true se o primeiro valor não começar com o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "true".
Ends With: a condição retornará true se o primeiro valor terminar com o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "false".
Does Not End With: a condição retornará true se o primeiro valor não terminar com o segundo valor. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "true".
Matches Regex: a condição retornará true se o primeiro valor corresponder à expressão regular. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "false".
Does Not Match Regex: a condição retornará true se o primeiro valor não corresponder à expressão regular. Números são convertidos em strings. Qualquer valor diferente de um número ou uma string resulta na condição que retorna "true".
Is Less Than: a condição retornará true se o primeiro valor for menor que o segundo valor. Strings que representam números são convertidas em números. Qualquer valor diferente de um número ou de uma string que pode ser convertida faz a condição retornar "false".
Is Less Than Or Equal To: a condição retornará true se o primeiro valor for menor ou igual ao segundo valor. Strings que representam números são convertidas em números. Qualquer valor diferente de um número ou de uma string que pode ser convertida faz a condição retornar "false".
Is Greater Than: a condição retornará true se o primeiro valor for maior que o segundo valor. Strings que representam números são convertidas em números. Qualquer valor diferente de um número ou de uma string que pode ser convertida faz a condição retornar "false".
Is Greater Than Or Equal To: a condição retornará true se o primeiro valor for maior ou igual ao segundo valor. Strings que representam números são convertidas em números. Qualquer valor diferente de um número ou de uma string que pode ser convertida faz a condição retornar "false".
Is True: a condição retornará true se o valor for um booleano com o valor true. O valor fornecido não é convertido em um booleano se for qualquer outro tipo. Qualquer valor diferente de booleano com valor "true" resulta na condição retornar como "false".
Is Truthy: a condição retornará true se o valor for verdadeiro após ser convertido em um booleano. Consulte a documentação do MDN sobre valores truthy para obter exemplos de valores truthy.
Is False: a condição retornará true se o valor for um booleano com o valor false. O valor fornecido não é convertido em um booleano se for qualquer outro tipo. Qualquer valor diferente de booleano com o valor "false" resulta na condição retornar como "false".
Is Falsy: a condição retornará true se o valor for falso depois de ser convertido em um booleano. Consulte a documentação do MDN sobre valores falsy para ver exemplos de valores falsy.

Variable

Especifique o nome e o valor da variável do JavaScript que deve existir para um evento acionar uma ação.
  1. Especifique o nome da variável JavaScript.
  2. Especifique o valor da variável que deve existir como uma condição para o evento.
  3. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.

Envolvimento

Landing Page

Especifique a página que o usuário deve ser direcionado para acionar o evento.
  1. Especifique a página de aterrissagem.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.

New/Returning Visitor

Especifique se o visitante deve ser um novo visitante ou um visitante recorrente para um evento acionar uma ação.
Selecione uma das opções a seguir:
  • New Visitor
  • Returning Visitor

Page Views

Configure o número de vezes que o visitante deve visualizar a página antes da ação ser acionada.
  1. Selecione se o número de exibições de página deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  2. Especifique o número de exibições de página que determina se a condição foi cumprida.
  3. Configure quando as exibições de página são contadas selecionando uma das opções a seguir:
    • Lifetime
    • Current Session

Sessions

Acione a ação se o número de sessões do usuário atender aos critérios especificados.
  1. Selecione se o número de sessões deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  2. Especifique o número de sessões que determina se a condição foi cumprida.

Time On Site

Acione a ação se o número de sessões do usuário atender aos critérios especificados.
Configure por quanto tempo o visitante deve estar no site antes que a ação seja acionada.
  1. Selecione se o número de minutos em que o visitante está no site deve ser maior que, igual ou menor que o valor especificado.
  2. Especifique o número de minutos que determina se a condição foi cumprida.

Traffic Source

Acione a ação se o número de sessões do usuário atender aos critérios especificados.
Especifique a fonte do tráfego do visitante que deve ser "true" para que a ação seja acionada.
  1. Especifique a fonte de tráfego.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.

Tecnologia

Browser

Selecione o navegador que o visitante deve usar para que a ação seja acionada.
Selecione um ou mais dos seguintes navegadores:
  • Google Chrome
  • Firefox
  • Internet Explorer/Edge
  • Internet Explorer Mobile
  • Mobile Safari
  • OmniWeb
  • Opera
  • Opera Mini
  • Opera Mobile
  • Safari

Device Type

Selecione o tipo de dispositivo que o visitante deve usar para que a ação seja acionada.
Selecione um ou mais dos seguintes tipos de dispositivo:
  • Android
  • BlackBerry
  • Área de trabalho
  • iPad
  • iPhone
  • iPod
  • Nokia
  • Windows Phone

Operating System

Selecione o sistema operacional que o visitante deve usar para que a ação seja acionada.
Selecione um ou mais dos seguintes sistemas operacionais:
  • Android
  • BlackBerry
  • iOS
  • Linux
  • MacOS
  • Maemo
  • Symbian OS
  • Unix
  • Windows

Screen Resolution

Selecione a resolução de tela que os visitantes devem usar em seus dispositivos para que a ação seja acionada.
  1. Selecione se a largura da resolução de tela do dispositivo do visitante deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  2. Especifique o número de pixels necessários para a largura da resolução de tela.
  3. Selecione se a altura da resolução de tela do dispositivo do visitante deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  4. Especifique o número de pixels necessários para a altura da resolução de tela.

Window Size

Selecione o tamanho de tela que os visitantes devem usar em seus dispositivos para que a ação seja acionada.
  1. Selecione se a largura de tamanho da tela do dispositivo do visitante deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  2. Especifique o número de pixels necessários para a largura de tamanho da janela.
  3. Selecione se a altura do tamanho da tela do dispositivo do visitante deve ser maior que, igual ou inferior ao valor especificado.
  4. Especifique o número de pixels necessários para a altura do tamanho da janela.

URL

Domain

Especifique o domínio do visitante.

Hash

Especifique um ou mais padrões de hash que devem existir no URL.
Vários padrões de hash são unidos por um OR.
  1. Especifique o padrão de hash.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.
  3. Adicione outros padrões de hash.

Caminho E sequência de consulta

Especifique um ou mais caminhos que devem existir no URL. Inclui o caminho e a sequência de consulta.
Vários caminhos são unidos por um OR.
  1. Especifique o caminho.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.
  3. Adicione outros caminhos.

Path Without Query String

Especifique um ou mais caminhos que devem existir no URL. Inclui o caminho, mas não inclui a sequência de consulta.
Vários caminhos são unidos por um OR.
  1. Especifique o caminho.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.
  3. Adicione outros caminhos.

Protocolo

Especifique o protocolo usado no URL.
Selecione uma das opções a seguir:
  • HTTP
  • HTTPS

Query String Parameter

Especifique o parâmetro de URL usado no URL.
  1. Especifique um nome de parâmetro de URL.
  2. Especifique o valor usado para o parâmetro de URL.
  3. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.

Subdomain

Especifique um ou mais subdomínios que devem existir no URL.
Vários subdomínios são unidos por um OR.
  1. Especifique o subdomínio.
  2. (Opcional) Ative o Regex se esta for uma expressão regular.
  3. Adicione quaisquer outros subdomínios.

Outras

Date Range

Especifique um intervalo de datas. Escolha a data e a hora em que o evento ocorre depois, a data em que ocorre antes e o fuso horário.

Max Frequency

Especifique o número máximo de vezes que a condição retorna true. Você pode selecionar entre as opções a seguir:
  • Page view
  • Sessions
  • Visitor
  • Seconds
  • Minutes
  • Days
  • Weeks
  • Months

Sampling

Especifique a porcentagem de tempo em que a condição retorna "true".

Tipos de ação da extensão principal

Esta seção descreve os tipos de ação disponíveis na extensão principal.

Custom Code

Forneça o código que é executado depois que o evento é acionado e as condições são avaliadas.
  1. Dê um nome ao código da ação.
  2. Selecione o idioma usado para definir a ação:
    • JavaScript
    • HTML
  3. Selecione se o código de ação deve ser executado globalmente.
  4. Clique em Open Editor.
  5. Edite o código e clique em Save.
Quando o JavaScript é selecionada como a linguagem, uma variável nomeada event estará disponível automaticamente, a qual poderá fazer referência no seu código personalizado. O event objeto conterá informações úteis sobre o evento que acionou a regra. A maneira mais fácil de determinar quais dados de evento estão disponíveis é fazer logon event no console usando o código personalizado:
console.log(event);

Execute a regra em um navegador e inspecione o objeto de evento registrado no console do navegador. Assim que entender quais informações estão disponíveis, poderá usá-las para tomar decisões programáticas em seu código personalizado, envie uma parte do objeto event para um servidor, e assim por diante.

Processamento de ação do Custom Code

A extensão principal, disponível para todos os usuários do Launch, contém uma ação Custom Code para executar o JavaScript ou HTML fornecido pelo usuário. Geralmente, é útil que os usuários entendam como as regras com ações Custom Code são processadas.

Regras que usam os eventos do início ou do final da página

O código de ações personalizadas está incorporado na biblioteca principal do Launch. O código é gravado no documento usando document.write. Se uma regra tiver várias ações Custom Code, o código será escrito na ordem configurada na regra.

Regras que usam qualquer evento diferente dos eventos de início ou de final da página

O código de ações personalizadas é carregado a partir do servidor e gravado no documento usando Postscribe . Se uma regra tiver várias ações Custom Code, o código será carregado simultaneamente a partir do servidor, mas escrito na ordem configurada na regra.
Ao usar document.write depois que uma página é carregada normalmente causa problemas, isso não é um problema para o código fornecido por meio das ações Custom Code. Você pode usar document.write nas ações Custom Code independentemente de quando o código será executado.

Custom Code Validation

O validador usado no editor de código do Launch foi projetado para identificar problemas com código escrito pelo desenvolvedor. O código que passou por um processo de "minificação" — como o código AppMeasurement.js baixado do Gerenciador de código — pode ser falsamente sinalizado como tendo problemas pelo validador do Launch, que geralmente pode ser ignorado.

Sequência de ação

Quando a opção "Run rule components in sequence" das configurações de propriedade está ativada, você pode fazer com que os componentes de regra subsequentes aguardem enquanto sua ação executa uma tarefa assíncrona. Funciona de forma diferente para código personalizado JavaScript e HTML.
JavaScript
Ao criar uma ação de código personalizado JavaScript, você pode retornar uma Promessa de sua ação. A próxima ação na regra será executada somente quando a promessa retornada é resolvida. Se a promessa for rejeitada, as próximas ações da regra não serão executadas.
Observação : isso só funciona quando o JavaScript não está definido para execução global. Se você estiver executando a ação de código personalizado no escopo global, o Launch tratará a promessa como imediatamente resolvida e avançará para o próximo item na fila de processamento.
Um exemplo de uma ação de código personalizado JavaScript que retorna uma promessa:
return new Promise(function(resolve, reject) {
  setTimeout(function() {
    if (new Date().getDay() === 5) {
      resolve();
    } else {
      reject();
    }
  }, 1000);
});

HTML
Ao criar uma ação de código personalizado HTML, uma função chamada onCustomCodeSuccess() estará disponível para uso dentro do código personalizado. Você pode chamar essa função para indicar que o código personalizado foi concluído e que o Launch pode continuar a executar ações subsequentes. Por outro lado, se o código personalizado falhar de alguma forma, você pode chamar o onCustomCodeFailure() . Dessa forma, o Launch será informado para não executar as ações subsequentes dessa regra.
Um exemplo de uma ação de código personalizado HTML que usa os novos retornos de chamada:
<script>
setTimeout(function() {
  if (new Date().getDay() === 5) {
    onCustomCodeSuccess();
  } else {
    onCustomCodeFailure();
  }
}, 1000);
</script>

Tipos de elementos de dados da extensão principal

Os tipos de elementos de dados são determinados pela extensão. Não há limite para os tipos que podem ser criados.
As seções a seguir descrevem os tipos de elementos de dados disponíveis na extensão principal. Outras extensões usam outros tipos de elementos de dados.

Constante

Qualquer valor constante de string que possa ser referenciado em ações ou condições.

Exemplo:

string

Custom code

O JavaScript personalizado pode ser inserido na interface do usuário clicando em Open Editor e inserindo o código na janela do editor.
É preciso haver uma instrução de retorno na janela do editor indicando que o valor deve ser usado como aquele valor do elemento de dados. Se uma declaração de retorno não for incluída ou se os valores null ou undefined forem retornados, o valor padrão do elemento de dados será usado como o valor do elemento de dados.
Exemplo:
var pageType = $('div.page-wrapper').attr('class').split('')[1];
if (window.location.pathname == '/') {
  return 'homepage';
} else {
  return pageType;
}

Se o elemento de dados de código personalizado estiver sendo recuperado como parte de uma execução de regra, uma variável nomeada event automaticamente se torna disponível, a qual poderá fazer referência no seu código personalizado. O event objeto conterá informações úteis sobre o evento que acionou a regra. A maneira mais fácil de determinar quais dados de evento estão disponíveis é fazer logon event no console usando o código personalizado:
console.log(event);
return true;

Execute a regra em um navegador e inspecione o objeto de evento registrado no console do navegador. Assim que você entender quais informações estão disponíveis sob as várias regras que podem usar seu elemento de dados, você poderá usá-las para tomar decisões programáticas em seu código personalizado ou retornar uma parte do objeto event como o valor do elemento de dados.

Atributo DOM

Todo valor de elemento pode ser recuperado, como uma tag div ou H1.

Exemplo:

Corrente do seletor de CSS:
id#dc logo img
Obtenha o valor de:
src

variável JavaScript

Todo objeto ou variável disponíveis do JavaScript pode ser referido usando o campo de caminho.
Quando você tem variáveis JavaScript ou propriedades de objetos na sua marcação e deseja coletar esses valores no Launch para usar com qualquer uma das extensões ou regras, uma maneira de capturar esses valores é usar Data Elements no Launch. Assim, você pode consultar o elemento de dados em suas Regras. Além disso, se a fonte de dados mudar, será necessário alterar apenas sua referência à fonte (o elemento de dados) em um local do Launch.
Por exemplo, considere que a marcação contém uma variável de JavaScript chamada Page_Name , assim:
<script>
  //data layer
  var Page_Name = "Homepage"
</script>

Ao criar o elemento de dados no Launch, forneça apenas o caminho para essa variável.
Se você utilizar um objeto coletor de dados como parte da camada de dados, utilize a notação de pontos no Caminho para fazer referência ao objeto e propriedade que você deseja capturar no elemento de dados, como _myData.pageName , ou digitalData.pageName etc.

Exemplo:

window.document.title

Armazenamento local

Forneça o nome do item de armazenamento local no campo Local Storage Item Name.
O armazenamento local fornece aos navegadores uma maneira de armazenar informações de página a página ( https://www.w3schools.com/html/html5_webstorage.asp ). O armazenamento local funciona de forma bem semelhante aos cookies, mas é muito maior e mais flexível.
Use o campo fornecido para especificar o valor criado para um item de armazenamento local, como lastProductViewed.

Informações da página

Use esses pontos de dados para capturar informações de página para usar na lógica da regra ou para enviar informações ao Analytics ou aos sistemas de rastreamento externos.
Você pode selecionar um dos atributos de página a seguir para ser usado em seu elemento de dados:
  • URL
  • Hostname
  • Pathname
  • Protocol
  • Referrer
  • Title

Query string parameter

Especifique um único parâmetro de URL no campo URL Parameter.
Somente a seção de nome é necessária e qualquer designador especial como "?" ou "=" deve ser omitido

Exemplo:

contentType

Número aleatório

Use esse elemento de dados para gerar um número aleatório. É usado frequentemente para amostra de dados ou para a criação de IDs, como uma ID de ocorrência. O número aleatório também pode ser usado para ofuscar ou eliminar dados confidenciais. Alguns exemplos podem incluir:
  • Gerar uma ID de ocorrência
  • Concatene o número para um token de usuário ou carimbo de data e hora para garantir exclusividade
  • Executar um hash unidirecional em dados PII
  • Decida aleatoriamente quando mostrar uma solicitação de pesquisa no site
Especifique os valores mínimos e máximos para o número aleatório.
Padrões:
Mínimo: 0
Máximo: 1000000000

Armazenamento de sessão

Forneça o nome do item de armazenamento da sessão no campo Session Storage Item Name.
O armazenamento de sessão é semelhante ao armazenamento local, a diferença é que os dados são descartados depois que a sessão é encerrada, enquanto o armazenamento local ou um cookie pode reter os dados.

Visitor behavior

Semelhante às Informações da página, este elemento de dados usa tipos de comportamento comuns para aprimorar a lógica dentro das regras ou da coleção de dados.
Selecione um dos seguintes atributos de comportamento do visitante:
  • Landing page
  • Traffic source
  • Minutes on site
  • Session count
  • Session page view count
  • Lifetime page view count
  • Is new visitor
Alguns casos de uso comuns incluem:
  • Mostrar uma pesquisa depois que um visitante estiver no site por cinco minutos
  • Se esta for a landing page para a visita, preencher uma métrica do Analytics
  • Mostrar uma nova oferta ao visitante depois do número X de Contagens de sessão
  • Exibir um cadastro de informativo se for uma primeira visita