Show Menu
TÓPICOS×

Notas de versão - Setembro de 2015

Novo no Analytics: melhorias na Analysis Workspace e carimbos opcionais de data e hora. Gerenciamento de grupos no gerenciamento dinâmico de tags. Mensagens de push móveis para segmentos do Analytics, métodos de aquisição e sinais de postback. Correções gerais e aprimoramentos nas soluções da Experience Cloud.
O conteúdo desta página é publicado uma semana antes da data de lançamento (por meio da Priority Product Update) e está sujeito a alterações no momento do lançamento. Verifique novamente perto da data do lançamento para obter as informações atualizadas. Para receber as notas de versão uma semana antes da atualização mensal do produto, inscreva-se na Adobe Priority Product Update .
Data de lançamento: setembro de 2015

Experience Cloud 15.9

Novos recursos e correções na interface da Adobe Marketing Cloud.
Data de lançamento: 10 de setembro de 2015
Atualizações de documentação
Os administradores de soluções devem consultar Grupos e usuários para obter informações importantes sobre como mapear grupos de soluções para grupos mais amplos da Adobe e adicionar usuários em massa no Enterprise Dashboard .
Correções
  • Correção de um problema de desempenho na API do Audience Manager que causava tempos limite intermitentes durante o upload dos dados de atributos do cliente. (MAC-26305)
  • Correção de um problema que impedia os usuários de adicionarem até 200 atributos de cliente a uma assinatura. (MAC-26188)
  • Correção de um problema anterior dos atributos do cliente: a página Editar esquema causava o envio de um erro sensível a conteúdo durante a alteração de um nome de exibição. (MAC-25589, AN-103834)
Problema conhecido
Existe um problema conhecido na Biblioteca de público-alvo que pode impedir o compartilhamento a partir da segmentação do Analytics, fazendo com que o tamanho do público-alvo permanecesse para sempre em 0 (zero). Este erro pode ocorrer se o número de usuários do público-alvo exceder 50.000. Como solução, a Adobe recomenda reduzir o tamanho do segmento para menos de 50.000 usuários do público-alvo. (MAC-25788)
Consulte a Documentação do produto da Marketing Cloud para ver a ajuda do produto.

Adobe Mobile Services

O lançamento do Mobile Services em 17 de setembro de 2015 inclui as seguintes alterações:
Recurso Descrição
Mensagens de push para segmentos do Analytics
Enviar mensagens de push para os segmentos do Analytics a partir da interface do usuário do Mobile Services permite utilizar seus dados avançados do Analytics ao relacionar-se com os usuários.
Consulte:
Melhorias no rastreamento de aquisições
Cria links da app store ou códigos QR que permitem baixar aplicativos diretamente da Apple App Store e do Google Play. Os links criados permitem atribuir downloads e outros eventos de sucesso à campanha de aquisição.
As melhorias incluem:
  • URLs dinâmicos. Crie links de aquisição dinamicamente fora da interface do usuário do Mobile Services , ou então diretamente na interface do usuário com o Criador de aquisições.
  • Crie um link para a Apple App Store e o Google Play, e nós realizaremos a detecção da plataforma e rotearemos apropriadamente.
  • Anexe dados ao final do URL, como tráfego afiliado. Você pode adicionar dados ao URL e nós os encaminharemos como dados de contexto que você salvar e relatar.
  • Suporte IDFA/AdID para campanhas entre aplicativos.
Consulte:
Postbacks
os postback permitem enviar os dados coletados pela SDK a um servidor separado de terceiros. Ao utilizar os mesmos disparadores e características usadas para exibir uma mensagem no aplicativo, é possível configurar o SDK para enviar dados personalizados a um destino de terceiros.
Colocar data retroativa em hits da sessão
Uma caixa de seleção foi adicionada para ativar ou desativar a habilidade do Adobe SDK de antedatar as informações das sessões.
Consulte Adobe Mobile Services para obter a documentação do produto. Para visualizar as notas de versão de versões anteriores, abra as Notas de versões anteriores no painel à esquerda.
Atualizações da SDK do Adobe Mobile Services
Recurso Descrição
Plataforma Universal Windows SDK 4.x para Soluções da Experience Cloud
A Plataforma Universal Windows (UWP) SDK 4.x para Soluções da Experience Cloud está disponível.
Esse novo SDK permite medir aplicativos nativos do Windows 10, fornecer conteúdo direcionado dentro do aplicativo e aproveitar e coletar dados de público-alvo por meio do Audience Manager.
Android SDK 4.x para Soluções da Experience Cloud
e
iOS SDK 4.x para Soluções da Experience Cloud
A versão 4.6 de ambas as SDKs (Android e iOS) estão disponíveis.
As duas SDKs incluem as seguintes melhorias:
Mensagens de push para segmentos do Analytics: o Adobe Mobile Services e a SDK Adobe Mobile permitem enviar mensagens de push para segmentos do Analytics . O SDK também permite reportar com facilidade os usuários que abriram seu aplicativo como resultado da abertura da mensagem de push.
Métodos de aquisição: permite aos desenvolvedores iniciar uma campanha de aquisição de aplicativo como se o usuário tivesse clicado em um link. Isso é útil para criar links de aquisição manuais e manipular o redirecionamento da App Store.
Postback: os postback permitem enviar os dados coletados pela SDK a um servidor separado de terceiros. Ao utilizar os mesmos disparadores e características usadas para exibir uma mensagem no aplicativo, é possível configurar o SDK para enviar dados personalizados a um destino de terceiros.
Identificadores: os seguintes identificadores foram adicionados:
  • Android:
    • setPushIdentifier
    • submitAdvertisingIdentifierTask
  • iOS:
    • setPushIdentifier
    • setAdvertisingIdentifier
    • trackPushMessageClickThrough
Suporte WatchKit para WatchOS 2 (somente iOS SDK): o suporte WatchKit para WatchOS 2 foi adicionado.
Para obter mais informações, consulte:

Dynamic Tag Management

Atualização da ferramenta do serviço de ID de visitante da Experience Cloud: no dia 22 de setembro, o DTM lançará uma atualização da ferramenta do serviço de ID do visitante da Experience Cloud. A versão mais recente da biblioteca (1.6.1) permitirá oferecer suporte aprimorado para a ID do cliente, suporte adicional para estados autenticados e uma integração multi-solução aperfeiçoada.
A nova versão é totalmente compatível com as implementações atuais do serviço de ID de visitante da Experience Cloud via DTM. Para auxiliar todos os usuários a se beneficiarem desta atualização, migraremos sua conta automaticamente para a nova biblioteca do serviço da Experience Cloud ID.
Como resultado dessa migração, novas funcionalidades da ferramenta do serviço de ID de visitante da Experience Cloud estarão disponíveis no DTM. Sugerimos que você teste a atualização em seu ambiente de preparo antes de publicá-la.
A equipe do DTM se empenha para adicionar valor aos nossos clientes, e acreditamos que tal esforço transparecerá na atualização da ferramenta do serviço de ID de visitante da Experience Cloud.
Substituição do Amazon S3: a Adobe substituiu o uso do Amazon S3 como uma opção de hospedagem da biblioteca DTM.
A Adobe não oferece suporte ao Amazon S3. Suas bibliotecas de gerenciamento dinâmico de tags no Amazon S3 permanecerão em funcionamento até 31 de dezembro 2015, mas em um estado somente leitura. Quaisquer alterações feitas no gerenciamento dinâmico de tags não serão refletidas nesses arquivos.
Para implantar alterações adicionais no seu site após 31 de julho de 2015, será necessário selecionar uma das opções de hospedagem. Uma hospedagem própria (entrega por FTP ou download da biblioteca) é sempre a prática recomendada, mas nossa hospedagem Akamai também é uma opção de classe internacional.
O lançamento do gerenciamento dinâmico de tags realizado no dia 3 de setembro de 2015 inclui as seguintes alterações:
Novos recursos
Recurso Descrição
Gerenciamento de grupos
O gerenciamento de grupos facilita a organização dos usuários e o controle de seus níveis de acesso. As permissões são definidas no nível de grupo de usuários, para que todos no grupo herdem as permissões do grupo (inclusive o acesso a propriedades).
Correções e aprimoramentos:
  • Melhoria na implantação da biblioteca satélite (velocidade 2 a 5 vezes maior). Os clientes com muitas regras ou que estão implantando muitas tags de terceiros se beneficiarão muito dessas alterações.
  • Melhoria na velocidade de upload para a Akamai (até 5 vezes mais rápido).
  • Melhoria na velocidade de carregamento (2 vezes mais rápido) para todas as páginas de listagem de regras.
  • Correção de um problema que impedia o carregamento de algumas páginas no Internet Explorer (os usuários recebiam uma mensagem de erro em uma janela pop-up).
Consulte Novidades no gerenciamento dinâmico de tags para ver as notas de versão atuais e cumulativas, a ajuda e as atualizações da documentação.
Em janeiro de 2016, a Adobe desativará o suporte ao protocolo SSL v3 para fins de segurança e encerrará o tráfego SSL v3 para coleta de dados do Adobe Analytics. A Adobe notificará, em breve, os clientes que serão afetados significativamente por esta ação.

Novos recursos em Analytics

O lançamento de 17 de setembro de 2015 do Analytics inclui as seguintes alterações:
Recurso Descrição
Analysis Workspace
Anteriormente disponível apenas na versão de beta público, a Analysis Workspace agora é um recurso completo do Adobe Analytics. Com ela, você pode produzir insights com mais rapidez e de forma mais flexível do que nunca, com análises que podem ser reposicionadas com o recurso arraste e solte, layout flexível e poderosas visualizações interativas. Além disso, você também pode salvar e reutilizar projetos personalizáveis.
Observação: antes de criar ou preparar um projeto na Analysis Workspace, é necessário que os administradores adicionem você a um grupo que tenha a permissão de Criar / Preparar projetos ativada na Analysis Workspace, ou então ao grupo de usuários Acesso irrestrito a relatórios . ( Ferramentas administrativas > Grupos ).
Carimbos opcionais de data e hora
Agora, você pode integrar dados com e sem carimbos de data e hora em um conjunto de relatórios.
  • Combine dados com e sem carimbos de data e hora em um mesmo conjunto de relatórios global.
  • Envie dados com carimbo de data e hora de um aplicativo móvel para um conjunto de relatórios global.
  • Atualize os aplicativos para usar o rastreamento offline sem precisar criar um novo conjunto de relatórios.
Os carimbos opcionais de data e hora são a configuração padrão para todos os novos conjuntos de relatórios gerados a partir de um modelo. (Os conjuntos de relatórios copiados de um conjunto existente herdarão as configurações de data e hora do conjunto original.)
Consulte Carimbos opcionais de data e hora na ajuda das Ferramentas administrativas.
Melhorias da análise de vídeo
Federated Analytics: a Federated Analytics é um recurso do Adobe Video Analytics que permite o compartilhamento padronizado de dados de vídeo entre plataformas, regido por regras/lógica, entre parceiros. O compartilhador é capaz de controlar os dados, a nível de vídeos individuais, que serão compartilhados durante cada reprodução. O recebidor pode especificar para qual ponto da Adobe os dados devem ser enviados, com base em acionadores definidos.
Análise OTT (Over-the-Top): o Adobe Video Analytics fornece medições padronizadas de vídeos e aplicativos para dispositivos OTT. As novas SDKs OTT incluem:
  • Roku (somente aplicativos BrightScript)
  • AppleTV
  • Em breve: Chromecast e Xbox One
Métricas de qualidade da experiência (QoE): a SDK do Adobe Video Analytics coleta aproximadamente 20 métricas de qualidade da experiência , incluindo buffering, taxas de bits e erros para acompanhar como a qualidade do vídeo afeta as métricas principais de envolvimento como o tempo gasto, vídeos por visita, anúncios por vídeo etc.
Data Workbench 6.5 Uma nova Mesa de associações e outros recursos foram adicionados à nova versão 6.5 da Data Workbench .
Melhorias do Data Warehouse
Opção de caixa de seleção adicionada à interface do usuário do Data Warehouse, que permite "Classificar a saída por métrica".
Marcar esta caixa de seleção significa que o resultado será classificado com base na ordem das colunas de métrica, conforme selecionado na visualização do relatório. As métricas são classificadas em ordem decrescente. Mais... (AN-100771)
Alterações de permissão no Criador de segmentos e no Criador de métricas calculadas
O usuário administrador tem poder para limitar quais usuários podem criar novos segmentos ou novas métricas calculadas.
Por padrão, todos os usuários podem criar segmentos ou métricas calculadas. Mais...
Alterações na métrica Pesquisas A métrica Pesquisas agora inclui dados gerados em ocorrências linkTrack, o que aumenta a precisão desta métrica. Agora, qualquer tipo de ocorrência (visualização de página ou vídeo, clique em links etc.) pode incrementar a métrica Pesquisas, contanto que seja a primeira ocorrência da visita. Essa alteração afeta como a métrica Pesquisas é calculada.
Atualizações de documentação
Administradores do Analytics: caso seja um administrador na Marketing Cloud, consulte Usuários e grupos para obter informações atualizadas sobre como mapear grupos do Analytics para grupos mais amplos da Adobe e adicionar usuários em massa no Enterprise Dashboard .

Correções do Reports & Analytics

  • Correção de um problema que impedia o provisionamento de 100 eVars e 1.000 eventos. (AN-107899)
  • Correção de um problema que impedia a exibição de duas funções avançadas no Criador de métricas calculadas: Acumulado e Média acumulada. (AN-108072)
  • Correção de um problema que impedia a exibição de eVars personalizadas no menu Relatórios. (AN-107387)
  • Correção de um problema no qual um gráfico em um relatório de Destinos obtido em PDF não correspondia ao gráfico na interface da Web. (AN-107389)
  • Correção de um problema que impedia a exibição de alguns widgets de publicação. (AN-101551)
  • Correção de um problema que causava o não alinhamento dos números no eixo das horas com as linhas pontilhadas nos relatórios de tendência normalizada. (AN-99445)
  • Correção de um problema que ocorria após a criação de um grupo de usuários nos Reports & Analytics e selecionava esse grupo como padrão. A tentativa de reverter o grupo padrão para nenhum falhou com uma mensagem de erro. (AN-108270)
  • Correção de um problema que impedia a exibição, no menu, dos relatórios do Perfil do &;amp;gt; visitante > Atributos do cliente. (AN-106265)
  • Correção de um problema que causava o esmaecimento das telas dos usuários após o logon no Analytics, quando não havia gráficos presentes na página de entrada. (AN-105470)
  • Correção de um problema com os feeds de dados da Adobe Advertising Cloud. (AN-106116)
  • Atualização da lógica de detecção do mecanismo de busca para incluir o tráfego criptografado do Bing como “palavra-chave indisponível”. (AN-106209)
  • Correção de um problema de segmentação que ocorria ao aninhar contêineres dentro de contêineres, fazendo com que os dados fossem incluídos quando deveriam ser excluídos. O problema ocorria, por exemplo, quando havia dois contêineres aninhados (utilizando visitantes/visitas/ocorrências), e o usuário desejava excluir visitas nas quais o número de visitas (profundidade das ocorrências) era maior do que um. Se o contêiner externo incluísse um contêiner dentro do intervalo de datas e outro fora do intervalo, e os visitantes atendessem aos parâmetros de ambos os contêineres, eles eram contabilizados nos dois. (AN-107936)

Correções da análise de big data

  • Na versão antiga, o Tipo de atributo do CRS não era validado caso correspondesse ao tipo de dados do atributo existente de um cliente que apresentasse o mesmo nome. Agora, o Tipo de atributo é corresponde à pesquisa e um erro é lançado nos registros do CRS quando uma incompatibilidade nos tipos de atributos é encontrada.

Ad Hoc Analysis Correções

  • Correção de um problema que causava o carregamento incorreto das métricas calculadas com números estáticos muito grandes ou muito pequenos. (AN-106886)

Correções do Data Warehouse

  • Correção de um problema no qual as dimensões divididas por vários valores em um hit não eram separadas em itens de linha independentes quando as métricas de participação estavam presentes. (AN-106762)
  • Correção de um problema que colocava métricas de não participação no item de linha incorreto depois de limitar a criação de linhas de uma métrica de participação principal para 100 linhas. (AN-107866)

AppMeasurement e SDKs móveis

Serviço de ID de visitante da Experience Cloud
Versão 1.5.2
  • Correção de um bug no Safari que impedia o funcionamento dos serviços de sincronização quando os usuários bloqueavam cookies de terceiros. (AAM-20764)
  • As chamadas ao Serviço de ID do visitante agora incluem a ID da versão no parâmetro d_visid_ver= . A ID retornado ajuda as equipes de suporte a solucionar problemas e questões de suporte. (AAM-20824)
** AppMeasurement para JavaScript**
Versão 1.5.2
  • Inclusão da API de Visitante 1.5.2
Código H JavaScript (herdado)
Versão H.27.5
  • Inclusão da API de Visitante 1.5.2
AppMeasurementpara outras plataformas
Consulte o Histórico de versões do a seguir para obter um histórico das versões do AppMeasurementAppMeasurement nas seguintes plataformas:
  • JavaScript
  • iOS
  • Android
  • Flash-Flex
  • OSX
  • Windows Phone, XBOX, Silverlight e .NET
  • BlackBerry
  • Java
  • PHP
  • Symbian
Recurso Descrição
O recurso Públicos-alvo endereçáveis exibe a sobreposição (taxa de correspondência) entre seus segmentos e um destino durante os últimos 60 dias. Ele exibe resultados com uma visualização de dados e algumas métricas numéricas. Os dados sobrepostos aparecem na seção Informações básicas de um destino e durante o envio de segmentos para um destino. O recurso Públicos-alvo endereçáveis está disponível automaticamente e retorna somente os dados de destinos servidor para servidor.
Observação: na inicialização (29/9), o Público-alvo endereçável :
  • Terá apenas 5 dias de dados históricos de relatórios para o novo Público-alvo ativo e rastros de o Público-alvo sincronizado .
  • Acumulará dados nos próximos 55 dias antes de atingir a escala completa. Durante esse período de criação, as métricas de relatório de Público-alvo endereçável poderão mostrar resultados que são inferiores à verdadeira população.
Correções, melhorias e desaprovações
  • Correção de um bug do Audience Marketplace que duplicava a receita contabilizada na lista Meus dados compartilhados. (AAM-20200, AAM-20852)
  • Correção de um bug do Audience Marketplace que mostrava incorretamente um ícone de aviso “sem utilização” para assinaturas do feed de dados de taxa fixa. (AAM-20850)
  • Correção de um rótulo com erro ortográfico na página Criar uma regra para mesclar perfis. (AAM-20920)
  • Correção de um bug que impedia o download dos relatórios no formato .csv. (AAM-20940, AAM-20839)
  • Na seção Formatos da ferramenta de administração interna, a contagem de caracteres do campo de linha de dados foi aumentada para > 255 caracteres. (AAM-20768)
Documentação nova e revisada
Novos recursos
Recurso Descrição
@menções
Adição da funcionalidade @menções às publicações do Facebook criadas no Publicar em qualquer lugar.
Correções e aprimoramentos
Essa versão do Social se concentra em melhorias de desempenho, escalabilidade, usabilidade e confiabilidade. Mais de 75 correções de back-end e melhorias tratam dessas áreas. As correções destacadas abaixo descrevem as resoluções para os problemas mais importantes relatados pelos clientes.
  • Correção de um problema que, às vezes, causava a não exibição das informações de direcionamento na lista suspensa.
  • Correção de um problema que causava a falha periódica do agendamento de publicação ao usar a interface do usuário do Social no idioma japonês.
  • Correção de um problema que causava a falha de algumas publicações do LinkedIn devido a problemas de reautorização.
  • Correção de um problema que impedia raramente os usuários de reautorizar as propriedades e adicionar novas propriedades.
  • Correção de um problema que impedia os usuários de excluir tweets pendentes no Calendário de conteúdo.
Consulte as Notas de versão do Adobe Target para obter as informações mais recentes da versão sobre os seguintes produtos:
  • Target Standard e Premium
  • Target Classic
  • Recommendations Classic A ajuda para o Gerenciamento de publicidade está disponível no produto em Ajuda > Conteúdo de ajuda . Adobe Campaign O oferece uma maneira intuitiva e automatizada de enviar mensagens individuais por canais de marketing online e offline. Agora, é possível prever o que seus clientes desejam usando as experiências determinadas por seus hábitos e preferências.
Para obter a documentação do produto, consulte:
Adobe Experience Manager O é um sistema de gerenciamento de conteúdo online de empresas que permite criar, gerenciar, desenvolver e publicar seus sites.
Para obter a documentação do produto, consulte:
Item Descrição Data de publicação
(Atualizado) Usuários e grupos
Administradores do Analytics: caso seja administrador na Experience Cloud, consulte Usuários e grupos para obter informações atualizadas sobre como mapear grupos do Analytics para grupos mais amplos da Adobe, adicionar usuários ou adicionar usuários em massa por meio do Enterprise Dashboard .
17 de setembro de 2015
Atualização da documentação do produto Analysis Workspace com descrições de recursos, tarefas para a criação de projetos, vídeos e casos de uso.
17 de setembro de 2015
Adição da documentação do produto e práticas recomendadas para carimbos de data e hora opcionais. Este recurso permite integrar dados com e sem carimbos de data e hora em um conjunto de relatórios. Todos os novos conjuntos de relatórios terão carimbos de data e hora opcionais por padrão.
17 de setembro de 2015
Atualização 6.5 da Data Workbench Consulte as notas de versão da Data Workbench 6.5 para ver como atualizar, além de uma lista com os novos recursos e correções de erros, incluindo uma nova Mesa de associações e diagrama de acordes e atualizações dos recursos de visualização, interface do usuário, algoritmos e exportação. 17 de setembro de 2015
O Construtor de regras de classificação foi atualizado para que você adicione conjuntos de relatórios e variáveis a um conjunto de regras durante a edição de um conjunto de regras atual (depois de criar o conjunto de regras). Antes, era necessário especificar a variável e o conjunto de relatórios durante a criação do conjunto de regras. Esta alteração impede que os problemas relatados ocorram com as variáveis de classificação.
20 de agosto de 2015
A vinculação de perfil funciona com fontes de dados de vários dispositivos para identificar e coletar as características dos visitantes autenticados no site. Inclui o recurso Regras para mesclar perfis, o que permite segmentar e direcionar usuários corretamente em vários dispositivos.
20 de agosto de 2015
Novo Construtor de métrica calculada e Gerente de métrica calculada
Agora, as métricas calculadas permitem métricas segmentadas, matemática mais avançada e a capacidade de organizar e compartilhar métricas.
18 de junho de 2015
Um recurso da Analysis Workspace, a análise de forma livre permite criar tabelas de dados, além de arrastar e soltar métricas, dimensões, segmentos e várias visualizações em um painel do projeto.
18 de junho de 2015
Data Workbench 6.4
A versão Data Workbench 6.4 inclui muitos recursos novos, descritos aqui .
18 de junho de 2015
Adição do Adobe Managed Certificate Program à documentação de produto remodelada dos Cookies primários .
O programa de certificado gerenciado permite implementar um novo certificado SSL próprio para cookies próprios sem custo adicional.
22 de maio de 2015
A documentação do produto do Adobe Mobile foi reforçada.
22 de maio de 2015
Um conjunto de alto nível do que é necessário fazer para modernizar suas implementações da solução para os serviços principais.
19 de março de 2015
Se você capturar os dados de clientes de empresas em um banco de dados do gerenciamento de CRM (relacionamento com o cliente), é possível fazer upload desses dados para a Experience Cloud.
19 de março de 2015
Versão inicial do Analytics
Consulte a seção Novos Recursos no Analytics para obter um resumo da nova documentação da versão inicial de 2015 do Analytics.
19 de março de 2015
Regras de classificação do Analytics - substituir valores existentes
Em Ferramentas administrativas > Construtor de regras de classificação > <nome do conjunto de regras e > , duas novas opções permitem selecionar um modo de substituição:
  • As regras substituem quaisquer valores existentes: (Configuração padrão) sempre substituir chaves de classificação, inclusive classificações carregadas por meio do importador (SAINT).
  • As regras substituem apenas valores não definidos: preencher apenas células em branco (não definidas). Classificações existentes não serão alteradas.
Antes, se uma chave já tivesse sido classificada em qualquer coluna ou célula, a regra não era executada e a linha da tabela era ignorada.
19 de fevereiro 2015