Show Menu
TÓPICOS×

Notas de versão da Adobe Experience Cloud - Março de 2019

Novos recursos e correções na Adobe Experience Cloud.
Assine a Atualização de produto prioritária da Adobe para ser notificado por email sobre versões futuras. Você receberá um aviso três a cinco dias úteis antes do lançamento da versão. Novas informações publicadas após o lançamento serão marcadas com a data da publicação.
Data de lançamento: março de 2019

Serviços principais e administração da Experience Cloud

Notas de versão da interface da Experience Cloud, incluindo serviços essenciais da plataforma e administração de produtos.

Serviço da Experience Cloud ID

Melhorias e correções no serviço da Experience Cloud ID.
  • Versão 4.1 lançada.
  • Atualizar publishDestinations de acordo com as novas alterações de API.
Consulte a documentação do produto Serviços da Experience Cloud ID .
Para obter a documentação do produto, consulte Serviço da Experience Cloud ID .

Mobile Services e SDK móvel

Novos recursos, atualizações e correções os Mobile Services.
Android versão 4.17.3
Target - A ID de sessão e o EdgeHost agora serão mantidos entre sessões do aplicativo.
iOS versão 4.18.1
  • Target - A ID de sessão e o EdgeHost agora serão mantidos entre sessões do aplicativo.
  • Target - Correção de um problema causado quando várias chamadas targetPrefetchContent eram feitas consecutivamente.
Para obter a documentação do produto, consulte Mobile Services .
Para obter mais informações sobre os SDKs móveis, consulte: Android SDK 4.x para soluções da Experience e iOS SDK 4.x para soluções da Experience Cloud .

Analytics

Novos recursos e correções no Adobe Analytics:
Para obter a documentação do produto, consulte Página inicial de ajuda do Analytics .

Novos recursos no Adobe Analytics

Recurso
Descrição
Alterações na Coleta de dados regionais
Para melhorar o desempenho da coleta de dados, todos os clientes remanescentes foram convertidos para a Coleta de dados regional (RDC), de forma que a coleta ocorra o mais próximo possível dos usuários finais. Isso melhora o desempenho do site/aplicativo e garante que os dados sejam coletados o mais rápido possível para otimizar a experiência do usuário final.
Uma vez que os dados das propriedades digitais forem coletados regionalmente, eles serão transferidos por uma conexão segura para um Centro de processamento de dados, onde serão processados e disponibilizados para os produtos na Adobe Experience Cloud. A RDC tem sido o padrão para novas implementações por mais de 10 anos. Mais
Alterações na RDC na China
A Coleta de dados regional na China continental permite que os usuários da China enviem dados para um Centro de coleta de dados dentro da China, em vez de outros locais do mundo. Isso aprimora os tempos de carregamento de página e a precisão dos dados em comparação ao envio de dados para Centros de coleta de dados fora da China. Mais
Aceleração regional para a China
A opção de Aceleração da China agora está disponível nas configurações do conjunto de relatórios do Analytics. Essa opção aprimora a experiência do usuário de Relatórios do Adobe Analytics para os usuários na China Continental. Cada usuário do Adobe Analytics pode habilitar ou desabilitar essa opção. Não selecione essa opção para usuários fora da China, pois afetará negativamente o desempenho. Mais
Novas variáveis do Livestream
* carrier : o provedor sem fio do dispositivo móvel.
* tnt: o campo testar-e-direcionar usado no Target. O actionId e o actionName nunca possuem valores.
* tntAction: o campo testar-e-direcionar aprimorado usado no Target. Diferente do campo tnt, o actionId e o actionName têm valores definidos.
API 2.0: suporte para autenticação JWT
A API do Adobe Analytics 2.0 agora é compatível com a autenticação JWT. Encontre mais informações sobre a autenticação JWT aqui: https://github.com/AdobeDocs/analytics-2.0-apis/blob/master/jwt.md

Media Analytics SDK 2.2 para: Chromecast, Roku, Apple TV e Launch Extensão para Web

Recurso
Descrição
Adobe Analytics para áudio
Conecta o envolvimento de áudio da transmissão de um ouvinte com seu comportamento digital completo. Descubra quem está ouvindo onde, quando e com que frequência e avaliar o comportamento do usuário em um mercado de áudio fragmentado normalmente.
Esse recurso permite que as empresas meçam o alcance de seus ouvintes e a popularidade do conteúdo e forneça insights sobre como manter os usuários envolvidos com base em seus comportamentos e na modelagem por semelhança. Meça o conteúdo de áudio de 10 segundos de duração e anúncios de 1 segundo de duração em transmissões com nossos melhores SDKs, para avaliar a qualidade da experiência (espera, erros, tempo para iniciar) e KPIs de conteúdo mais anúncios.
Manter interrupções de anúncio
O monitoramento de anúncios aprimorado em cenários em que, se um reprodutor entrar em uma interrupção para anúncio, e nenhuma chamada for enviada por um certo período de tempo, o padrão da lógica do SDK é redefinido para reprodução do conteúdo, mesmo se o reprodutor ainda estiver no estado de interrupção para anúncio. Durante um anúncio pre-roll, isso pode resultar em acionamento do conteúdo antes da conclusão da interrupção para anúncio. No Media 2.2 SDK, chamadas de buffer são enviadas entre anúncios em uma interrupção para anúncio quando houver um grande atraso entre anúncios.
Alteração do nome do SDK
A partir da versão 2.2, os SDKs da Biblioteca de Video Heartbeat (VHL) serão renomeados para Media SDK. O Media 2.2 SDK tem compatibilidade reversa com a série de SDKs VHL 2.X. A alteração no nome não representa uma alteração na funcionalidade.

Analytics - Correções e atualizações

Correções e atualizações secundárias aplicadas às ferramentas e aos componentes da interface do Adobe Analytics (Analysis Workspace, Reports & Analytics, Report Builder, entre outros).
  • Analysis Workspace: correção de um problema que impedia que os dados fossem exibidos na visualização de Mapa. (AN-170626)
  • Correção de um problema em que o nome/sobrenome do usuário (migrado) no Analytics era diferente do nome vinculado à Adobe ID do usuário na Experience Cloud. Para atualizar o nome do Analytics para o nome usado na Experience Cloud, acesse [Admin > Gerenciamento de usuário (herdado) > Editar usuários e clique na ID do usuário. Em seguida, clique em **Atualizar por meio da Experience Cloud **. (AN-172825)
  • Correção de um problema com a exibição das permissões dos serviços da Web em que a interface do usuário sugeria que o usuário tinha permissões quando, na verdade, ele não tinha. (AN-168076)

Avisos importantes para administradores do Analytics

Aviso
Data de adição ou atualização
Descrição
Futuras alterações de suporte das Classificações ativadas por data e numéricas
28 de fevereiro de 2019
A capacidade de importar classificações Numérico 2 e Ativadas por data foi removida da base de código. Essa alteração será aplicada na Versão de manutenção de junho de 2019. Se você tiver colunas Numéricas ou Ativadas por data no arquivo de importação, essas células serão ignoradas silenciosamente e todos os outros dados nesse arquivo serão importados normalmente.
As classificações existentes ainda podem ser exportadas por meio do fluxo de trabalho de classificação padrão, e continuarão disponíveis nos relatórios.
Atualização da documentação sobre o plug-in getPercentPageViewed.
12 de fevereiro de 2019
Admin > Configurações gerais da conta
7 de fevereiro de 2019
* A configuração Substituir o último octeto de endereços IP por 0 fica habilitada por padrão para qualquer conjunto de relatórios criado no Data Center de Londres depois de janeiro de 2019, mas somente se as configurações desse conjunto de relatórios tiverem sido copiadas de um modelo listado no Admin Console. Os conjuntos de relatórios cujas configurações estiverem duplicadas de outros conjuntos de relatórios herdam todas as configurações do conjunto selecionado.
* A configuração Ofuscação de IP não é mais habilitada por padrão para todos os clientes com um conjunto de relatórios definido no EMEA.
Números de versão do navegador em dispositivo móvel
7 de fevereiro de 2019
Em 8 de janeiro de 2019, alteramos o nível de truncação para os números de versão do navegador móvel de 2 para 1. A partir dessa data, as versões exibirão somente os dois primeiros níveis (por exemplo, Firefox 64.0.2 agora é exibido como Firefox 64.0 ).
Término da vida útil da Ad Hoc Analysis
Atualizado em 29 de janeiro de 2019
Em 6 de agosto de 2018, a Adobe anunciou a intenção de encerrar a vida útil da Ad Hoc Analysis. Uma data para o fim da vida útil será compartilhada assim que estiver disponível.
Para obter mais informações, incluindo quais versões do Java serão compatíveis durante esse período, visite Discover Workspace .
Links encurtados de relatórios do Analytics
14 de janeiro de 2019
Links encurtados de relatórios do Analytics que não forem visitados em um ano serão excluídos, a partir de quinta-feira, 17 de janeiro de 2019, em uma programação contínua.
Fim de suporte para TLS 1.0
Atualizado em 10 de janeiro de 2019
A partir de 11 de fevereiro de 2019, os relatórios do Adobe Analytics não serão mais compatíveis com a criptografia TLS (Transport Layer Security) 1.0. Essa alteração é parte de nossos esforços contínuos para manter os mais altos padrões de segurança e proteger os dados do cliente. Se não conseguir se conectar aos relatórios do Adobe Analytics após 11 de fevereiro de 2019, você deve atualizar seu navegador para a #(https://marketing.adobe.com/resources/help/pt_BR/sc/user/requirements.html mais recente).
A partir de 20 fevereiro de 2019, a coleta de dados do Adobe Analytics não será mais compatível com TLS 1.0. Com essa alteração, a Adobe não mais coletará dados do Analytics de usuários finais com dispositivos ou navegadores da Web antigos não compatíveis com TLS 1.1 ou versão posterior. Não esperamos que isso afete significativamente os dados ou relatórios do cliente. (Se seu site já não for compatível com o TLS 1.0, você não será afetado.)
A partir de 11 de abril de 2019, a API de relatórios do Adobe Analytics não será mais compatível com a criptografia TLS 1.0. Clientes que acessam a API devem verificar se não serão afetados.
* Os clientes da API que usam o Java 7 com configurações padrão precisarão de modificações para suportar TLS 1.2 . (Consulte Alteração da versão de protocolo TLS padrão para pontos de extremidade do cliente: de TLS 1.0 para TLS 1.2 .)
* Os clientes da API que usam o Java 8 não devem ser afetados, pois a configuração padrão é TLS 1.2.
* Os clientes da API que usam outras estruturas precisarão entrar em contato com seus fornecedores para obter detalhes sobre o suporte ao TLS 1.2.
Atualizar o Adobe Report Builder devido ao fim do suporte para TLS 1.0
7 de setembro de 2018
Devido ao fim do suporte para TLS 1.0, recomendamos que os usuários do Adobe Report Builder (ARB) baixem o ARB v5.6.21 antes de 7 de fevereiro de 2019. Depois dessa data, versões anteriores do ARB não funcionarão.
Atualização de downloads em CSV na Analysis Workspace
9 de janeiro de 2019
A partir de 7 de fevereiro de 2019, os downloads em CSV (e Copiar para a área de transferência) na Analysis Workspace não mais incluirão o separador de milhar. Observação: a interface do usuário da Analysis Workspace continuará exibindo o separador de milhar. Além disso, o separador decimal continuará a ser incluído e vai aderir ao formato definido em Componentes > Configurações de relatórios > Separador de milhar .
Feed de dados: post_product_list column - alteração de tamanho
9 de janeiro de 2019
Em 7 de fevereiro de 2019, a Adobe planeja estender o tamanho da coluna post_product_list de 64 KB para 16 MB. Essa alteração tem como objetivo garantir que valores de eVars de merchandising adicionados a post_product_list durante o processamento não causem truncamento de valores de produto e de receita. Se você tiver processos que assimilam valores de post_product_list, certifique-se de que tais processos sejam compatíveis com valores de até 16 MB em comprimeito, caso contrário o valor será truncado em 16 KB para evitar falhas de assimilação de dados.
Alterações de gerenciamento que afetam endpoints do Analytics Live Stream inativos
20 de dezembro de 2018
A partir de 1 de fevereiro 2019, os endpoints do Live Stream sem conexões de cliente ativas por 90 poderão ser desabilitados. É possível entrar em contato com o Atendimento ao cliente da para saber sobre os endpoints do Live Stream e, se necessário, reativá-los. Além disso, certifique-se de que os processos do cliente mantenham uma conexão persistente, conforme pretendido pelo design do serviço, e que estejam implementados para reconectar quando a conexão for perdida ou interrompida.
Migração de servidor FTP para Dallas (ftp2.omniture.com)
19 de outubro de 2018
Em 23 de outubro de 2018, se você faz conexões com ftp2.omniture.com por meio do protocolo SFTP, pode ser necessário aceitar novamente o identificador de host do site SJ1. Isso aplica-se somente a 23 de outubro. Consulte Atualizar servidores do Adobe FTP .
Atualização para dimensão de Dispositivo móvel
16 de outubro de 2018
Em 26 de setembro, a Adobe atualizou sua pesquisa de dispositivo para a API 2.1 do Device Atlas. Isso fez com que dispositivos mais detalhados (ex: Apple iPhone 7, Apple iPhone 8 Plus etc.) fossem exibidos na dimensão Dispositivo móvel em alguns navegadores. Esse novo nível de detalhe de dispositivo deve sere usado direcionalmente, uma vez que não aplica-se a todos os tipos de dispositivos e navegadores no momento.
Encerramento do suporte para Internet Explorer 11
12 de setembro de 2018
A Adobe encerrará o suporte ao Internet Explorer 11 no Adobe Analytics em 13 de novembro de 2018. Alterne para o Microsoft Edge ou navegador compatível assim que possível.
Término da vida útil da Ad Hoc Analysis
9 de agosto de 2018
Em 6 de agosto de 2018, a Adobe anunciou a intenção de encerrar a vida útil da Ad Hoc Analysis. Uma data para o fim da vida útil será compartilhada assim que estiver disponível. Para obter mais informações, visite o Discover Workspace . Não modificaremos a Ad Hoc Analysis para dar suporte ao Java 9+ a partir de agora. Se você atualizar para o Java 9+, a Ad Hoc Analysis não será compatível. Somente o Java 8 será suportado.
Atualizar o Adobe Report Builder devido ao fim do suporte para TLS 1.0
7 de setembro de 2018
Devido ao fim do suporte para TLS 1.0, recomendamos que os usuários do Report Builder (ARB) baixem o ARB v5.6.21 antes de fevereiro de 2019. Depois dessa data, versões anteriores do ARB não funcionarão.
Nova ajuda para a migração de usuário do Analytics
10 de maio de 2018
Atualizamos a ajuda da migração de ID de usuário do Analytics com informações sobre a migração de Enterprise e Federated IDs para o Admin Console. Consulte Migrar contas de usuário do Analytics para Enterprise e Federated IDs .
Futura remoção do Relatório de atividade na conta
10 de maio de 2018
O Relatório de atividade na conta será substituído pelo recurso de Uso de chamadas do servidor na versão do terceiro trimestre do Adobe Analytics. O Relatório de atividade na conta será removido permanentemente em 9 de agosto de 2018. Para exibir os dados de resumo sobre o tráfego de conjuntos de relatórios depois de 9 de agosto de 2018, use o recurso de Uso de chamadas do servidor.
Alterações nos modelos de alocação linear em Métricas calculadas
Em vigor em 19 de julho de 2018
Em 19 de julho, o Adobe Analytics revisará a maneira como os modelos de alocação em métricas calculadas são avaliados. Como parte dessa alteração, as métricas calculadas que utilizam um modelo de alocação não padrão serão migradas para modelos de atribuição novos e melhorados. Os modelos de alocação Canal de marketing de último contato e Canal de marketing de primeiro contato serão migrados para os novos modelos de atribuição Último contato e Primeiro contato, respectivamente. (Canais de marketing não se tornaram obsoletos, somente os dois modelos de alocação que aparecem nas métricas calculadas). Além disso, vamos corrigir a maneira como a alocação linear é calculada. Se você usa métricas calculadas com modelos de alocação linear, os relatórios podem ser levemente alterados para refletir o novo modelo de atribuição corrigido. Essa alteração nas métricas calculadas será refletida na Analysis Workspace, Reports & Analytics, na API de relatório, no Report Builder e na Ad Hoc Analysis. Consulte a documentação de Métricas calculadas para obter mais informações sobre essa alteração.
As funcionalidades de Detecção de anomalias e Análise de contribuição foram removidas de Reports & Analytics
10 de abril de 2018
A Detecção de anomalias e a Análise de contribuição foram removidas do conjunto de recursos do Reports & Analytics e agora estão disponíveis apenas por meio da Analysis Workspace. Os clientes do Adobe Analytics Select e Foundation têm acesso apenas à Detecção de anomalias de “granularidade diária” no Workspace.
A Adobe interrompeu a emissão de cookies s_vi de terceiros para o Safari
05 de abril de 2018
Em 20 de março de 2018, a Adobe interrompeu a emissão de cookies s_vi de terceiros para o navegador Safari. Essa alteração não afeta clientes que usam cookies de coleta de dados originais. Essa alteração também remove o aumento de visita e visitante referente a alguns clientes resultantes do Safari ITP.
Atualize o Report Builder antes de migrar IDs de usuário para o Admin Console
17 de março de 2018
Importante: atualize sua instalação do Report Builder para a versão mais recente. Essa atualização é um pré-requisito para executar a migração de IDs de usuários do Analytics para o Admin Console, que terá início em abril de 2018. Consulte # para obter mais informações sobre a migração.
Alterações no back-end que afetam relatórios
11 de abril de 2018
Uma alteração feita ao mecanismo de pesquisa (back-end) afetará o uso de relatórios em várias maneiras. Estas alterações entraram em vigor no final de fevereiro de 2018: A renomeação de páginas não será mais permitida. Em breve, será necessário usar classificações para renomear páginas. Até a versão de 10 de maio de 2018, o sistema continuará a processar as páginas renomeadas conforme estão configuradas atualmente. A Adobe pede que todos os clientes migrem para classificações até essa data. Depois da versão de maio, as renomeações existentes não mais serão honradas e podem ser alteradas, retroativamente, sem aviso prévio.
A metodologia de substituição de URL é diferente. Anteriormente, o Adobe Analytics armazenava (em maioria) o primeiro URL associado a cada nome de página por mês. Agora, armazenaremos o URL mais recente referente a cada nome de página. (Atualizado em 11 de abril de 2018) Relatórios de categoria para pacotes e dados atuais em Reports & Analytics não são mais fornecidos. A desaprovação de relatórios de pacote de categoria na API do serviço de Web entrará em vigor na versão de manutenção do Adobe Analytics de 10 de maio de 2018. Não há mais suporte para dados de página/propriedade anteriores a aproximadamente janeiro de 2007 (em alguns casos, 2006). Isso só será aplicado a páginas, propriedades e eventos de página (links personalizados, links de saída, links de download). Observação: essa alteração não afeta relatórios na Analysis Workspace ou no Data Warehouse. Se você tiver dados antes dessas datas, espere o seguinte: os dados não serão combinados corretamente no limite anterior/seguinte a janeiro de 2007. Pesquisas não funcionarão em relação a dados anteriores a aproximadamente janeiro de 2007.
Futuras alterações de suporte das Classificações ativadas por data e numéricas
7 de maio de 2018
Na Versão de manutenção de 10 de maio de 2018, começaremos a limitar a funcionalidade de classificações ativadas por data e numéricas. Esses tipos de classificações serão removidos das interfaces Admin e Importador de classificações. A partir dessa data, nenhuma classificação ativada por data ou numérica será adicionada. As classificações existentes ainda podem ser gerenciadas (atualizadas, excluídas) por meio do fluxo de trabalho de classificação padrão, e continuarão disponíveis nos relatórios.
Futuras alterações de suporte do Custo e orçamento do Marketing Channel
28 de fevereiro de 2018
Na versão de manutenção de abril, removeremos o Custo e orçamento do Marketing Channel do menu Admin > Marketing Channel. Nenhum novo dado de custo ou orçamento pode ser adicionado. Os dados de custo e orçamento existentes continuarão disponível nos relatórios, mas não poderão ser atualizados.
Gerenciador de códigos - Código H herdado
8 de fevereiro de 2018
Não há mais suporte para baixar JavaScript herdado (código H) no Gerenciador de códigos.
Retenção de dados: verifique e defina a política de retenção de dados para o Adobe Analytics
1 de fevereiro de 2018
Plano de fundo: o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados da União Europeia (GDPR), vigente a partir de 25 de maio de 2018, especifica que a Adobe, na sua qualidade de processador de dados, deve tomar as medidas apropriadas para ajudar seus clientes a cumprir o acesso, a exclusão e outras solicitações dos indivíduos. A aplicação de políticas de exclusão oportunas, seguras e apropriadas é parte importante do cumprimento dessa obrigação. Como resultado, a Adobe gostaria de trabalhar com você para implementar uma política de retenção de dados antes da entrada em vigor do GDPR, em 25 de maio de 2018.
O que esperar: a menos que já tenha uma política de retenção de dados do Adobe Analytics em vigor, a Adobe começará a aplicar a retenção de dados conforme atualmente especificado nos contratos de cliente do Adobe Analytics, a menos que sejam feitos outros contratos. A maioria dos contratos do Adobe Analytics especifica que a Adobe pode excluir os dados após 25 meses. Quando uma política de retenção de dados estiver em vigor para a sua organização, ela será aplicada mensalmente. Uma retenção de dados para períodos superiores a 25 meses está disponível por uma taxa adicional. Períodos de retenção de dados mais curtos também podem ser configurados, entrando em contato com o Atendimento ao cliente. Em breve você receberá um email contendo informações adicionais para a sua organização.
A retenção de dados afeta todos os métodos de acesso a dados históricos do Adobe Analytics, incluindo, entre outros, os Reports & Analytics, a Analysis Workspace, o Report Builder, as APIs de relatórios dos serviços da Web, o Data Warehouse e os feeds de dados. Próximas etapas: identifique os responsáveis na sua organização por tomar as decisões com relação à retenção de dados. Sua organização tem melhor condição de determinar o período apropriado para o Adobe Analytics reter os dados. Entre em contato com o Gerente de sucesso do cliente da Adobe em caso de dúvidas relacionadas à retenção de dados do Adobe Analytics.
Vinculação da conta do usuário
26 de outubro de 2017
Os usuários do Analytics não precisam mais vincular manualmente suas contas entre a Experience Cloud e o Analytics. Os usuários podem entrar em contato com o administrador do Admin Console para solicitar acesso ao Analytics. A migração de ID de usuário do Analytics permite que os administradores migrem facilmente as contas de usuários do gerenciamento de usuários do Analytics para o Adobe Admin Console. Após a migração, os usuários terão acesso às soluções compradas e aos serviços principais disponíveis na Experience Cloud. Saiba mais sobre a Migração de ID de usuário do Analytics .

Audience Manager

Recurso
Descrição
O recurso Recomendações de característica, desenvolvido pelo Adobe Sensei , leva a ciência de dados até seus fluxos de trabalho diários do Audience Manager.
Com as Recomendações de característica, ao criar ou editar um segmento no Construtor de segmento , você recebe recomendações sobre as características adicionais que você pode incluir, semelhantes às características na regra de segmento. Adicione as características recomendadas ao segmento para aumentar o público-alvo de destino.
As fontes de dados globais são acessíveis a todos os clientes do Audience Manager e contêm IDs de publicidade do dispositivo geradas pelos frabricantes do dispositivo, como os fabricantes de dispositivos Apple, Samsung, Microsoft, Roku e Android. Essas IDs são disponibilizadas pelos fabricantes para fins de publicidade. Use fontes de dados globais para sincronizar IDs de dispositivos e exportar dados extraídos desses mapeamentos.
O Audience Manager valida as IDs de publicidade de dispositivos (DAID) importadas por clientes, com base em seus formatos, para garantir que correspondam ao formato padrão determinado pelos fabricantes.
Aprimoramos a segmentação, os relatórios e a exportação de segmentos ao limitar o número de mapeamentos de ID entre dispositivos associados a uma ID do dispositivo. Os limites impostos recentemente ajudam a reduzir o impacto que integrações incorretas e conjuntos de dados imprecisos podem ter na ingestão e no processamento de downstream. Os novos limites são:
  • 100 IDs de dispositivo por ID entre dispositivos
  • 10 IDs entre dispositivos por ID de dispositivo
  • 1000 IDs de dispositivos para 1 ID de dispositivo
Correções
  • Melhoramos a lógica de segmentação para alinhas características implementadas com características com base em regras. (AAM-40433)
  • A página de resumo de características agora exibe o tipo de característica. (AAM-25784)
  • A página de resumo de segmento agora contém um hiperlink para a fonte de dados do segmento, para facilitar a navegação. (AAM-40015)
  • Correção de um problema no modal do Mapeamento de destino do Construtor de segmento, em que os usuários que clicam mais de uma vez no botão Adicionar destino criariam vários mapeamentos em vez de um só. (AAM-37177)
  • Correção de um erro no qual a caixa de seleção Selecionar tudo não estava presente nos Modelos algorítmicos, na página Selecionar características a serem excluídas . (AAM-42462)
  • Correção de um erro em navegadores Safari, em que usuários não conseguiam verificar os Controles de exportação de dados na página Criar nova fonte de dados. (AAM-41178)
Nova documentação
Leia Monitoramento de ID e lista negra para entender como o DCS monitora as IDs que recebe e coloca na lista negra aquelas que estão sendo enviadas em uma taxa excepcionalmente alta durante um curto período.

Target

Recurso
Descrição
Visual Experience Composer
O Visual Experience Composer (VEC) inclui os seguintes aprimoramentos para agilizar seu trabalho e deixá-lo mais eficiente:
  • É possível cancelar o carregamento de um site da web no VEC para desbloquear a edição de uma atividade. Esse aprimoramento é útil, por exemplo, caso você deseje fazer uma pequena edição na atividade, revisar os ajustes ou adicionar código personalizado, mas não quer esperar até que o site termine de carregar. Ações que não podem ser editadas antes que o site seja carregado estão desabilitadas na interface do Target. (TGT-31288, TGT-31611 e TGT-32602)
  • O VEC mostra a árvore de DOM para que você possa selecionar facilmente o elemento correto ao criar ou editar experiências. (TGT-13422)
Melhorias, correções e alterações
Agora, é necessário fazer a autenticação novamente quando a sessão expira ao revisar um relatório. Depois de fazer o logon novamente, você é redirecionado para o relatório. (TGT-32723)
Consulte as Notas de versão do Adobe Target para obter as informações mais recentes sobre os seguintes produtos:
  • Target Standard e Premium
  • Recommendations Classic

Campanha

O Adobe Campaign oferece uma maneira intuitiva e automatizada de enviar mensagens individuais por canais de marketing online e offline. Agora, é possível prever o que seus clientes desejam usando as experiências determinadas por seus hábitos e preferências.

Melhorias nos relatórios do canal de push

Vários aprimoramentos foram adicionados aos relatórios do Canal de push para permitir medir o engajamento de usuário de forma mais intuitiva. Com esta versão, estamos expandindo a lista de métricas do Canal de push para três métricas diferentes:
  • Impressões
  • Cliques
  • Abre (Abertura do aplicativo)
Isso o ajuda a medir e analisar a interação do usuário com notificações por push de forma mais eficiente. Além disso, estamos padronizando a definição e implementação dessas métricas. O relatório integrado da notificação por push também foi aprimorado com visualizações e métricas usadas frequentemente.
Para obter mais informações, consulte Relatórios de notificação por push .

Launch integração para aplicativo móvel

Esta versão contém a integração do Adobe Campaign com as versões disponíveis (GA) das extensões do Android e do iOS para o Adobe Campaign Standard na Adobe Experience Platform Launch e Mobile SDKs. Essas extensões são compatíveis com mensagem por push, mensagem no aplicativo e atualizações de perfil do aplicativo móvel.
Para obter mais informações, consulte Uso do SDK da Adobe Experience Platform .

Mensagens no aplicativo móvel

Esta versão contém a versão GA do canal no aplicativo no Campaign. De uma perspectiva funcional, as adições mais notáveis da versão Beta são os Relatórios dinâmicos para o Canal no aplicativo e uma interação segura ente o Mobile SDK e MCIAS (Serviço de mensagens no aplicativo da Experience Cloud, que fornece as regras no aplicativo para o SDK). A interação segura garante que os dados PII dos usuários não sejam fornecidos a pessoas mal-intencionadas, além de permitir que mantenha a privacidade dos usuários em um dispositivo compartilhado ao limpar o cache de mensagens toda vez que o usuário se desconecta.
Para obter mais informações, consulte Sobre mensagens no aplicativo e o #( dedicado https://helpx.adobe.com/br/campaign/kt/acs/using/acs-in-app-message-tutorial.html).

Melhorias no fluxo de trabalho

Os seguintes recursos do fluxo de trabalho foram adicionados:
  • Agora é possível copiar e colar atividades em um fluxo de trabalho ou outro fluxo de trabalho da mesma instância do Campaign. Dessa forma, é possível duplicar facilmente todo um fluxo de trabalho ou atividades específicas e manter as configurações definidas inicialmente. Para obter mais informações, consulte a documentação detalhada . (CAMP-20014)
  • Ao usar a atividade Carregar arquivo , agora é possível adicionar um carimbo de data e hora ao nome do arquivo que contém os registros rejeitados. Para obter mais informações, consulte a documentação detalhada .
  • As atividades de Consulta e Segmentação agora permitem uma transição de saída se as atividades não recuperarem dados.
Para obter a documentação do produto, consulte:

Experience Manager

Novos recursos, correções e atualizações no Adobe Experience Manager (AEM). A Adobe recomenda que os clientes com implantações locais que implantem os patches mais recentes de forma a assegurar maior estabilidade, segurança e desempenho.

Versões do produto

Cloud Manager 2019.2.0
A versão do Cloud Manager 2019.2.0 adiciona Monitoramento de sistema. Esse novo recurso permite que os clientes vejam o status dos ambientes do Adobe Managed Services a nível de sistema.
Consulte as #( associadas https://docs.adobe.com/content/help/pt-BR/experience-manager-cloud-manager/using/release-notes/release-notes-current.html).
AEM 6.5
Revelação da nova Adobe Experience Manager—Cloud , Melhorias e personalização de nuvem e conteúdo no Gerenciamento de experiência do cliente avançado (CXM) para profissionais de marketing e TI.
AEM Assets Brand Portal 6.4.4
A versão 6.4.4 do Brand Portal inclui melhorias para otimizar a experiência de pesquisa de ativos para usuários. Tem como foco as pesquisas de frase parcial e de termo curinga, por meio de solicitações de predicado de propriedade e de cliente principal.
Componentes principais
A versão 2.3.0 dos componentes principais agora está disponível, introduzindo um novo Componente de separação, aprimoramentos ao Componente de imagem e diversas correções de erros. Além disso, introduziu uma nova Biblioteca de componentes para facilitar a experimentação com os componentes.

Autoajuda

Documentação colaborativa
Os conjuntos de documentação do AEM a seguir foram migrados para uma nova plataforma de documentação colaborativa.
  • Componentes principais
  • Dispatcher
  • HTL
  • Cloud Manager
  • Biblioteca da Adobe Experience Cloud
O conteúdo é o mesmo, com algumas melhorias na apresentação. Ainda mais emocionante é o novo recurso de contribuir com as sugestões de documentação. Você pode fazer isso ao puxar solicitações ou problemas por meio do GitHub ou pelo link Editar esta página e pelo link Registar um problema em cada página.

Livefyre

Novos recursos, correções e atualizações no Adobe Livefyre. Livefyre disponibiliza uma oferta completa de conteúdo gerado por usuários, inclusive recursos de curadoria social e aplicações de participação no local.
Observação: O Livefyre descontinuará o suporte ao HTTP e TLS 1.1 (e posteriores), em acordo com os Padrões de segurança da Adobe. >Consulte as notas de versão futuras para obter a data da desativação.
  • Correção de um problema em que a atualização do token da Conta empresarial do Instagram resultava em um erro de “conta duplicada”.
  • Correção de um problema em que a atualização de aplicativos usando um script personalizado criava aplicativos duplicados com erro.
  • Correção de um problema em que o conteúdo do Instagram exibido a partir da pesquisa de URL mostrava a miniatura adequadamente nos resultados de pesquisa, mas não em “Exibir detalhes” ou publicado em um aplicativo.
  • Correção de um problema em que clicar em Mais resultados resultava em um erro para algumas IDs de produto
Consulte as Notas de versão do Livefyre para obter as informações mais recentes.

Advertising Cloud

Recurso
Descrição
Portfólios e campanhas de pesquisa
Em Detalhes da unidade de lance, as guias Histórico e Previsão de todos os portfólios agora incluem guias separadas para computadores e tablets. Anteriormente, as guias separadas estavam disponíveis apenas para portfólios que usavam o v7 do recurso de otimização.
Para portfólios que usam o v7, todos os dados das guias Computadores e Tablets são separados.
No entanto, para portfólios que usam o v6 do recurso de otimização, ambas as guias Computadores e Tablets mostram os totais combinados para computadores e tablets, que é o que foi mostrado anteriormente para computadores + tablets.
Observação: sempre que o método de otimização muda de v6 para v7 e vice-versa, os dados do histórico são redefinidos no mesmo dia.
Campanhas de pesquisa
Agora é possível ativar e desativar várias contas de mecanismos de pesquisa por vez.
(Contas Bing Ads) Seus públicos-alvo personalizados do Bing Ads estão incluídos na exibição Públicos-alvo > Biblioteca e estão disponíveis como alvos para grupos de anúncios do Bing Ads. Opcionalmente, você pode definir um modificador de lance para cada meta de público-alvo.