Show Menu
TÓPICOS×

Métodos de página do Target por versão da biblioteca mbox.js

A maneira como o Target faz e responde a chamadas de sua página dependerá da versão da biblioteca do Target em uso, se a implementação da ID de visitante de Experience Cloud estiver presente e se a ID de visitante existir.
Se você utilizar at.js, todas as chamadas serão feitas usando JSON. Esta página contém detalhes sobre as versões da biblioteca da mbox.js. Os comportamentos descritos nas situações abaixo não se aplicam a at.js.
Esta seção oferece informações sobre como cada versão da biblioteca do Target responde à chamada do Target em sua página em cada uma das seguintes situações.
Há vários tipos ou endpoints, dependendo da implementação e da versão da biblioteca. Familiarize-se com cada tipo para entender como o Target responde às chamadas em cada situação.
Tipo/Endpoint
Método de chamada
Conteúdo da resposta
autocriar mbox global - síncrono
document.write para fazer chamada
JavaScript sem document.write()
autocriar mbox global - assíncrono
createElement() para anexar chamada ao body
JavaScript sem document.write()
padrão
document.write para fazer chamada
JavaScript com document.write()
ajax
createElement() para anexar chamada ao body
JavaScript sem document.write()
json
XMLHTTPrequest() para fazer chamada
retorna resposta JSON
Para qualquer tipo, exceto padrão, todos os códigos e ofertas personalizados devem ser escritos para oferecer compatibilidade com um ambiente ajax. Por exemplo, se você usar um JavaScript que inclui document.write() , o script não funcionará conforme o esperado.

Sem implementação de ID de visitante

Se você está usando o Target Standard ou Premium com mbox.js, e ativou Criar mbox global para sua conta, é feito o tipo de chamada e resposta criar mbox global automaticamente - síncrono , independentemente da versão da mbox.js.
Se você escrever seu próprio código personalizado em vez de usar as ações do Visual Experience Composer, certifique-se de que seu código seja adequado para um ambiente ajax. Por exemplo, se você usar um JavaScript que inclui document.write() , o script não funcionará conforme o esperado.
Várias chamadas de mbox ajax com o mesmo nome de mbox, mas diferentes parâmetros, não funcionarão na mesma página. Somente a primeira chamada será feita.
Se você usar "criar mbox global automaticamente", mas também tiver chamadas mboxCreate em sua página, por exemplo, se estiver implementando o Target Standard ou Premium em uma página que era anteriormente usada na implementação antiga, as chamadas da mbox global serão feitas usando o endpoint criar mbox glonal automaticamente - padrão e as chamadas mboxCreate são feitas usando o endpoint padrão . O endpoint padrão usa document.write() para fazer a chamada e responder. Isso bloqueia o carregamento da página, inclusive o conteúdo entregue na resposta ajax, até que toda a informação seja baixada.
Se você usar somente o mboxCreate, por exemplo, em páginas criadas com o Target Classic, a página funcionará como sempre funcionou.
Método de criação
mbox.js v57
mbox.js v58
mbox.js v59
mbox.js v60
autocriar mbox global
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - síncrono
mboxCreate
padrão
padrão
padrão
padrão

Implementação de ID de visitante presente, mas sem ID de visitante definida

Se nenhuma ID de visitante foi configurada, não há nenhum cookie de visitante da Experience Cloud para o usuário. A página chama o serviço de ID de visitante para obter a ID de visitante. O aguarda a resposta com a ID que está fazendo a chamada para o TargetTarget.
Mbox.js A v58 é altamente recomendado para garantir que a ID de visitante retorne antes que a chamada do Target seja feita.
Se você estiver usando a versão 57 da mbox.js nesta situação, tudo funcionará adequadamente se não houver implementação da ID de visitante, conforme descrito na situação anterior. A partir mbox.js da versão 58, o Experience Cloud Visitor ID serviço retorna com uma ID de visitante antes de Target efetuar chamadas. Isso garante que os dados do público-alvo compartilhados por meio do serviço central de perfis e públicos sejam disponibilizados para a primeira chamada do Target na sessão do visitante. Para evitar a cintilação do conteúdo padrão antes do retorno do conteúdo do teste, Target oculta o <BODY> até o retorno do serviço de ID de visitante. Na versão 58, display:none é usado para ocultar a página. Isso gera alguns problemas com sites responsivos, então a partir da versão 59, opacity:0 é usado para ocultar o conteúdo.
Método de criação
mbox.js v57
mbox.js v58
mbox.js v59
mbox.js v60
autocriar mbox global
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - assíncrono
autocriar mbox global - assíncrono
autocriar mbox global - assíncrono
mboxCreate
padrão
ajax
ajax
ajax

Implementação de ID de visitante presente, e a ID de visitante existe

Se houver cookie de ID de visitante, o Target não precisará fazer uma chamada para o serviço de ID de visitante. Nesse caso, não há necessidade de aguardar o serviço de ID de visitante antes de exibir o conteúdo. Das versões 57 a 59, o tipo criar mbox global automaticamente - síncrono é usado, então a página aguarda a chamada para o Target retornar antes de continuar o carregamento. Isso impede a oscilação do conteúdo padrão. Para a versão 60, o tipo mbox global - assíncrono é usado para garantir que o Target aguarde o serviço de cancelamento da Experience Cloud para responder. O serviço de cancelamento é parte do lançamento do Data Co-op no quarto trimestre de 2016. Como todas as chamadas são retornadas usando o ajax, document.write() não deve ser usado com a mbox.js versão 60.
Método de criação
mbox.js v57
mbox.js v58
mbox.js v59
mbox.js v60
autocriar mbox global
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - síncrono
autocriar mbox global - síncrono
criar mbox global automaticamente - assíncrono (para auxiliar o desenvolvimento do Data Co-op, que será lançado posteriormente em 2016)
mboxCreate
padrão
padrão
padrão
ajax